Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 23 de setembro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/09/2019
Centerplex 19 a 25/09
PMMC ENTREGAS

Tribunal de Contas aponta irregularidades no fornecimento de remédios no Alto Tietê

Fiscais do órgão realizaram vistoria surpresa nessa terça-feira, 27, na região

Por Marcus Pontes - da Região28 AGO 2019 - 11h15
Em Itaquá, uma lixeira foi encontrado num local inapropriado, próximo aos medicamentosFoto: Tribunal de Contas do Estado/Divulgação

Atualizado às 12h11

Arujá, Ferraz de Vasconcelos, Itaquaquecetuba, Poá, Salesópolis e Suzano foram alvo de fiscalização surpresa do Tribunal de Contas do Estado (TCE-SP), nessa terça-feira, 27, para verificar o fornecimento, distribuição e controle de medicamentos à população. Um relatório prévio do órgão apontou irregularidades na região, como, por exemplo, a forma na qual remédios são armazenados. 

Na região, ao menos, 23 locais foram fiscalizados. Boa parte farmácias e almoxarifados de Unidades Básicas de Saúde (UBSs). Ao longo de seis horas, agentes do TCE-SP verificaram o armazenadomento dos medicamentos, condições de controle e distribuição dos remédios - inclusive àqueles entregues por meio de processos judiciais. Também analisaram a existência ou não do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) e Alvará da Vigilância Sanitária, além das situação dos postos de saúde. 

Segundo o TCE-SP, de forma preliminar, a fiscalização apurou irregularidades na região. Os dados específicos de cada cidade ainda serão divulgados pelo órgão nos próximos dias. Contudo, o tribunal pontuou quais cidades e locais foram verificados. 

Cidades

Ferraz foi a principal cidade analisada. Foram sete locais diferentes, sendo todos nas seguintes farmárcias: UBS Bela Vista; UBS CDHU; UBS Dr. Geraldo José Rodrigues Alckmin, no Jardim Yone; UBS Lucas Simplício Deliesposti, no bairro Rosana; UBS Santo Antonio; UBS Vila Jamil; e UBS Vila Santa Margarida. 

Em Poá, os agentes verificaram seis locais: UBS Dr. Cypriano Mônaco, no Nova Poá; UBS José Pereta; UBS Maria Eduarda Ribeiro Domingues, no Jardim Santa Helena; UBS Vereador Farid Domingues, o CSII; UBS Vereador Wellington Lopes, no Jardim América; e, também, a farmácia do Hospital Dr Guido Guida. 

Já Suzano e Itaquá foram três cada. A cidade itaquaquecetubense teve, inclusive, apontamentos preliminares  registrado pelos fiscais. Um deles foi que uma lixeira foi deixada numa área imprópria, próximo aos medicamentos, na UBS Morro Branco. Outro seria sobre a inexistência de controle de estoque na UBS Jardim Paineira. Além dessas duas unidades de saúde, a outra fiscalizada foi a UBS do Jardim Caiuby.

O município suzanense, por sua vez, foi questionado sobre a forma na qual remédios eram guardados, em caixas irregulares. Os alvos da fiscalização foram a UBS José Mariano de Souza Coutinho Junior; UBS Palmeiras; e UBS Tabamarajoara.  

Em Arujá, a fiscalização foi no Centro de Especialidade Médica; UBS Barreto; e UBS Fazenda Rincão.

Salesópolis teve apenas o Centro de Saúde Vereador João Freira de Almeida verificado. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias