Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Logo de aniversário de 60 anos
quinta 16 de setembro de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 16/09/2021
GrupoIndy
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
ManArc
SEC DE GOVERNO - CAMPANHA: CORONAVIRUS - VALE GÁS - FASE II
CREA-SP

Vice vai abrir diálogo com Mogi para amenizar efeitos da instalação de pedágios

Segundo vice-governador, programa de concessão busca melhorias de estradas e favorece à população

Por Thiago Caetano - da Região23 JUL 2021 - 05h00
Rodrigo Garcia falou que o Estado vai abrir diálogo para mitigar os efeitos do pedágio na rodovia; em maio, a Artesp publicou edital de concessãoFoto: Regiane Bento/DS
Durante agenda em Ferraz de Vasconcelos nesta quinta-feira (22), o vice-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia (PSDB), garantiu que o Estado estará à disposição da população para diminuir os efeitos de pedágios em Mogi das Cruzes.
 
Garcia afirmou que o Programa de Concessões Rodoviárias busca a melhoria de estradas e, consequentemente, favorece a população.
 
“Estamos à disposição para avaliar obras que possam mitigar os efeitos para que a população possa circular em marginais ou em outras vias e evitar trafegar na Mogi-Dutra”, afirmou o recém filiado ao PSDB.
 
Garcia destacou que São Paulo é referência nacional na concessão de rodovias. “Todo programa de concessão é feito para melhorar a vida de quem circula pela rodovia, bem como as suas condições. Ninguém cria para prejudicar. De qualquer forma, o Estado quer manter o diálogo com a população. Estamos abertos para diminuir os efeitos”, disse o vice-governador.
 
Em maio, a Agência de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp) publicou o edital de concessão de várias rodovias paulistas. A licitação prevê a instalação de um pedágio na Mogi-Dutra (SP-088) e Mogi-Bertioga (SP-098). A Vara da Fazenda Pública de Mogi das Cruzes chegou a suspender o edital, no entanto, o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ) suspendeu as liminares.
 
“A justiça define se tem ou não irregularidade. A Artesp faz isso há mais de 20 anos em São Paulo. Fez todas as concessões. Ela está dialogando com a justiça e, até o momento, tem sido bem-sucedida. Vamos aguardar setembro e até lá manter o diálogo”, afirmou.
 
Alça do Rodoanel
 
Durante entrevista coletiva, Rodrigo Garcia afirmou que o Estado pretende fazer a alça do Rodoanel Mário Covas, em Suzano. De acordo com Garcia, a Artesp estuda o projeto junto à Prefeitura de Suzano.
 
“O Estado pretende fazer a alça do Rodoanel em Suzano. A Artesp está estudando junto com a Prefeitura o melhor traçado. O melhor é aquele que seja mais rápido e de maneira mais segura. Essa é a nossa orientação para a Artesp”, explicou.
 
O prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi (PL), também foi a Ferraz de Vasconcelos acompanhar a agenda do vice-governador.
 
O prefeito confirmou que um projeto foi apresentado à Artesp e para a SPMar e destacou a importância dele para o Alto Tietê.
 
“Foi apresentado um projeto para que tenha a estrutura correta. Para que tenha saída correta e que não acumule trânsito no Rodoanel também. Está bem adiantado. Em breve a região terá uma grata surpresa. Esperada por anos. Será um gatilho para o desenvolvimento regional”, finalizou. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias