Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sábado 24 de outubro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 24/10/2020
Pmmc Sarampo Outubro
PMMC COVID VERDE
SOUZA ARAUJO
PMMC MULTI 2020
ÚNICCO POÁ

Social 17/11/2015

17 NOV 2015 - 07h00
Descanse em paz

Na noite de sábado recebi a triste notícia do falecimento da querida Lúcia Bianchi. Uma mulher linda, por dentro e por fora. Era sempre muito prazeroso encontrá-la tanto em eventos sociais, como nas festas mais estreitas de família. Lúcia foi casada com Jurandir Bianchi Junior, com quem teve três filhos, Juliano, Fábio e Marina, que a presenteou com a pequena Helena. Seu alto astral lhe permitiu vivenciar bons momentos. Muitos dos edifícios construídos por seu marido, tanto em Suzano, como em Mogi das Cruzes, possuem no hall de entrada obras assinadas por ela, que também tinha talento para as artes. Lutou com bravura contra o câncer e partiu deixando saudade para os familiares e amigos, que jamais esquecerão sua generosidade. Seu corpo foi velado na Vila Alpina, em São Paulo, onde foi cremado.

Moronguetá

 Márcia Belarmino e Carlos Magno enquanto assistiam ao documentário sobre a vida do fotógrafo que abriu no Centro de Educação e Cultura “Francisco Carlos Moriconi” a exposição de fotos em comemoração aos seus 25 anos de trabalho

Sofia Matias de Souza Conatti, Cassiana Angélica C. Gonçalves, Glauber Gonçalves, Vicente Pereira da Silva, Grace Teixeira Graziano, Lucas Roberto Cibien, Valnecy Souza Franco, Karoline de Matos, Jéssica Fernandes, Gustavo Fernandes e Tiara Milene Custodio Ferreira.

Combate ao Câncer de Próstata Hoje é o Dia Mundial do Combate ao Câncer de Próstata, que surgiu na Austrália, como Novembro Azul em 17/11/2003. Um assunto que deve ser debatido entre os homens para que haja um esclarecimento cada vez maior sobre a doença, que tratada precocemente tem cura. #Informe-se

Preconceito racial Não imagina ver em 2015 essas barbaridades cometidas por pessoas levianas, que usam as redes sociais para agredir o outro. No passado existia a carta anônima e algumas pessoas desclassificadas usavam deste artifício para prejudicar a vida dos outros. Hoje existe punição. É crime e os levianos devem pagar por isso. #Cadeia Entrevista de domingo Quem perdeu, está em tempo de ler a entrevista do Felipe Brito na coluna de domingo. Inteligente e bem articulado ele fala do racismo com categoria. Foi muito elogiado. #Leia O mundo chora... Paris chora pela morte de seus filhos, bem com o Brasil pelas mortes em Mariana. São tragédias distintas, mas com a mesma intensidade e dor. Falamos da perda de seres humanos, de pessoas inocentes. #UmMundoMelhor ...Marginal do Una Já ouvi essa conversa. Quando iniciei minha trajetória como colunista social, em 1990, o assunto do momento era a Marginal do Una. Vinte e cinco anos se passaram e a conversa é a mesma. Com a proximidade das eleições ela sempre volta à tona e nunca é concluída. #ChegaDisso XX Tarde Beneficente... Tereza Sadako Yoshida, Alice Nana Masuda, Nair Yoshino Urano, Beth Iochico Kimura, Maria Taki Haguihara e Clarice Giotoku comandam a XX Tarde Beneficente em prol da Rede Feminina de Combate ao Câncer “Esther Hidalgo Leite Rondinelli”, que fará as doações ao Grupo de Apoio ao Adolescente e Criança com Câncer – GRAACC. O evento tem o apoio da Associação de Mães Haha no Kai e Associação Cultural Suzanense e será neste domingo (22), às 14 horas, nas dependências do Bunkyo de Suzano. Colabore doando açúcar; biscoito água e sal; chá mate; farinha de trigo; gelatina; lámen instantâneo; leite em pó; Nescau; óleo e fralda descartável. #Participe ...Matrículas abertas Com a proximidade do fim de ano, papais e mamães vão em busca do melhor estudo aos filhos. Conheça a metodologia do Colégio Ferreira Master, que oferece educação infantil, ensino fundamental I e II e ensino bilingue. #PueriDomus
Cantor das Multidões

Estreia nesta quarta-feira (18), na Cinemateca Brasileira, “Quero Dizer-te Adeus”, primeiro filme sobre Orlando Silva, um dos grandes nomes da Era do Rádio. O longa-metragem retrata a história do mito e do homem com muita emoção, o período do auge do “Cantor das multidões”, como também as dificuldades que enfrentou por causa das drogas, álcool e de seu grande amor, Zezé Fonseca. O ator Willian Mello, que interpretou brilhantemente esse precursor da Música Popular Brasileira, teve uma caracterização forte e expressiva para o papel, passou por diversas transformações. Mudou a cor e corte do cabelo, formato do bigode, cor da pele, emagreceu e teve que aprender a fumar.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias