Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sábado 19 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 19/09/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC COVID LAR
PMMC COVID SAÚDE

Social - 20/12/2015

20 DEZ 2015 - 07h01

Tradição Os símbolos do Natal!

Papai Noel. Retratado como um velhinho gordo, com barbas e cabelos brancos, roupa vermelha e branca, e nas costas um saco de presentes, o Papai Noel é baseado na figura de São Nicolau Taumaturgo (Bispo de Mira), um santo popular, padroeiro da Noruega, da Rússia e da Grécia. Acredita-se que viveu na Turquia, na cidade de Mira, no século IV, onde saía com um saco cheio de ouro e lançava pelas chaminés das casas das pessoas necessitadas.

Estrela de Natal. Importante símbolo do Natal, a estrela guiou os três reis magos, Baltazar, Gaspar e Melchíor, até o local do nascimento do menino Jesus, a fim de presenteá-lo com ouro, incenso e mirra. Assim, a estrela é um símbolo que fica no topo das árvores de Natal na medida em que simboliza tanto o objeto norteador dos reis amigos, como o próprio Cristo, símbolo da verdade e da vida; em outras palavras, representa a “Estrela Guia da humanidade”.

Ceia de Natal. A Ceia de Natal tem origem no costume europeu de receber peregrinos e viajantes na noite de Natal para uma confraternização. A tradição de comer peru surgiu nos Estados Unidos. A ave era muito comum no país e era preparada para comemorar as boas colheitas no Dia de Ação de Graças. O Peru simboliza fartura.

Velas de Natal. A luz emanada das velas de Natal simboliza a luz de Jesus Cristo, que ilumina os caminhos da vida. Muito usada antes da chegada da luz elétrica, as velas estavam associadas à luz divina e ao espírito divino, enquanto que as trevas estavam associadas ao submundo, ao diabo.

Árvore de Natal. O costume de enfeitar as árvores de Natal remonta ao século XVI e, originalmente, representavam o solstício do inverno. Na tradição cristã, a árvore de natal simboliza a vida, a paz, a esperança e suas luzes simbolizam a estrelas, o sol e a lua.

Uva. A uva é símbolo de prosperidade, de fartura, de longevidade, fertilidade e plenitude. Por carregar esta simbologia, a uva está associada a festividades e à alegria. Toda a simbologia associada à uva, assim como ao vinho, é positiva. As uvas secas, por exemplo, fazem parte de simpatias para atrair a sorte e para brindar a vida. A uva está associada a Dionísio, deus grego, e a Baco, deus romano. A uva para os cristãos, assim como o vinho, representa o sangue de Cristo.

Presépio de Natal. O presépio corresponde à cena de natividade, ou seja, o nascimento do menino Jesus em um estábulo. Essa reprodução, muitas vezes em miniaturas, é construída nas época do Natal nas residências, nas igrejas, dentre outros. Fazem parte do presépio: a manjedoura com o menino Jesus, Maria sua mãe, seu pai José, os três pastores e os três reis magos.

Sinos de Natal. Os sinos marcam o som dos céus, e por esse motivo, suas badaladas na noite de Natal, anunciam o nascimento do menino Jesus, o salvador. Nesse sentido, os sinos assinalam a passagem para uma nova era, uma vida pautada nos ensinamentos de Cristo, aquele que veio ensinar e salvar a humanidade de seus pecados.

Vinho. Para o cristão o vinho simboliza o sangue de Cristo. O vinho simboliza o sagrado, uma porção de vida, o amor divino e a fertilidade.


Hoje Riley Teixeira Cruz, Vera Lúcia Sallarola Takao, Giovana Tung, Juvenal Antonio da Silva Junior, Vitor Silva, Zelinda Eguchi, Jefferson Fernando da Silva, Théo Raful Freitas, Fabio Bragheroli, Larissa Souza de Mattos, Gilson Roberto Nóbrega, Bruno Cavenaghi, Suzana Zobaran Werneck Sudo e Norma Lúcia de Jesus Dias.

Amanhã Dercy Aparecida Baccini, Terezinha Rocha Guillaumon, Hamilton Aoki, Ilka Ramalho Vechiatti, Cláudio Oliva, Maria Aparecida Saad, Armando Barbosa, Guilherme Ciocci de Almeida e Melo, Henrique Martins, José El Ghossain, Luaê Carregari Carneiro, Pedro Henrique Passagli e Luciana Lima.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias