Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Quinta 23 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 23/11/2017
mrv

Social - 28/06/2015

19 JUL 2015 - 08h00
*entrevista  Alisson Henrique

Qual sua formação? Alisson Henrique – Me formei em moda e criação, em São Paulo, mas para ser bem franco minha maior escola foi trabalhar durante 11 anos na Nova Noiva. Que é sem dúvida a maior loja com seguimento de criação do Brasil.

Ser estilista era seu sonho? Alisson Henrique – Na verdade mais que um sonho, foi um instinto. Sempre me envolvi com tecidos, desenhos, revistas de moda, enfim tudo voltado a beleza. Como a moda entrou na sua vida? Alisson Henrique – Curiosidade e fascinação pela alma feminina. Em seguida estudando a história da moda fui ficando cada vez mais envolvido pelas infinitas possibilidades de mostrar a sensibilidade e a força das nossas Divas. Você desenha, corta e costura? É autodidata? Alisson Henrique – Sim posso me considerar autodidata, inclusive deixo minha equipe completamente maluca, não sigo padrões técnicos, mas vendo o corpo das minhas clientes. Sei exatamente onde quero chegar com minhas criações. O segredo e o diferencial das criações são, sem dúvida, a versatilidade das técnicas que uso, desde os recursos clássicos da alta costura, todos costurados a mão, até mesmo o uso de máquinas mais rústicas. Durante anos trabalho na Rua São Caetano, em São Paulo, e também em conceituadas lojas de noivas. Como foi esta experiência? Alisson Henrique – Na verdade essa fase da minha carreira foi fundamental para minha formação. Na Rua São Caetano que já foi um pólo para noivas de todo o Brasil, onde as brasileiras tiveram os primeiros contatos com a alta moda e saudosos estilistas como Dener Pamplona de Abreu e Clodovil Hernandes. Pude aprender a diferença entre comercializar e vestir uma mulher. Já na NN (Nova Noiva) aprimorei a intimidade com tecidos sofisticados e clientes extremamente exigentes. Sem contar na experiência de viajar todo o Brasil conhecendo lojistas e noivas de cada estado, a diferença entre os gostos de cada um desses lugares fabulosos do nosso País. Porque se especializou em noivas e madrinhas? Alisson Henrique – Quando pensava em moda na minha adolescência, passei por uma fase de crise existencial, onde achava fútil dedicar minha vida a um conceito tão material. Minha profissão se comunica muito com minha fé e espiritualidade. Então encontrei nos olhos das minhas clientes uma paixão tão grande, um motivo tão puro em querer se vestir para uma ocasião cheia de sentimento. Envolvendo suas famílias, criando novas famílias. E foi assim que me libertei dessa “prisão material” para evoluir para uma nova etapa, onde o que realmente importa é o amor. Logo vestir toda a família passou a ser uma consequência de tanto amor. Além de estilista, acaba virando psicólogo de muitas clientes. Como é este relacionamento? Alisson Henrique – É uma grande responsabilidade esse ano completo 14 anos de profissão, e posso dizer que o universo feminino é mesmo infinitamente surpreendente. Tento ser o mais parcial possível e trazer com o máximo de ética com bons conselhos. E olha que até hoje tem dado bastante certo. Acho que me tornei amigo de quase todas as minhas clientes. No fundo minha intenção é trazer ainda mais felicidade para cada uma.

O que não pode falar no guarda-roupa de uma mulher? Alisson Henrique – A Coco Chanel já nos ensinou que não pode faltar um belo e bem cortado vestido preto. O que é a mais pura verdade. Eu acrescento ainda um lindo óculos escuro. (risos)

Hoje você mora em Suzano e tem uma forte parceria com o “coiffeur” Carlos Bittencourt. Preparam noivas lindas. Fale um pouco disso. Alisson Henrique – Pois é, eu falo tanto em trabalhar com amor e para o amor, que a vida me respondeu da maneira mais poética e imediata possível. O Carlos e eu somos casados há oito anos e desde sempre o vi como um exemplo de dedicação, bom gosto, ética enfim, um verdadeiro artista. Nossas clientes sempre faziam o link entre meus vestidos e os penteados e maquiagens dele. Foi quase que magnético, uma coisa ligava a outra, nossas clientes hoje podem sair do salão bem produzidas e super bem vestidas. No início, pelos meus compromissos pelo Brasil não tínhamos como iniciar um projeto tão ambicioso. Hoje atendemos em duas lojas em Suzano. O Carlos complementa inclusive por já conhecer muitas de nossas clientes há algum tempo. Ele tem inclusive tomado bastante gosto pelo universo das costuras e modelagens. Nós nos completamos muito profissionalmente.

Fale do seu novo espaço de moda no Suzano Plaza Shopping. Você atende só com hora marcada? Alisson Henrique – Nosso novo ateliê é na verdade uma extensão do salão,. Nós mantivemos os mesmos padrões de decoração e estética, então as clientes contam com a exclusividade de serem atendidas com o mesmo carinho e cuidado. Lá até mesmo por eu gostar de atender do início até as entregas dos modelos, só atendemos com hora marcada. A inauguração foi na última segunda feira, onde também comemorei os meus 30 anos. Então foi como se minha felicidade não pudesse ser mais completa.


Hoje Suami Paula de Azevedo, Juliana Domschke de Azevedo, Bruna Fernandes Cruz, Nica Faustino, Nelson Cezar, Adriano Sansone, Regina Sales, Erika Goes de Paula, Elizangela Boiko, Leandro Faria, Carla Perez Lemes, Terezinha Pansardi, Bernadete Silva, Edi Mendonça e Alzira Ferreia de Castro.

Amanhã Regis Amorim, Maria Odete de Freitas Brandão, Misael da Silva Santos, Luciana Lee, Simone Machado da Rocha, Alda Laise, Armando César F. dos Santos, Maurílio Viana Rodrigues, Amabily Bandeira, Elionai Figueiredo e Sonia Grieco.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias