Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 24 de setembro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 23/09/2019
PMMC ENTREGAS
Centerplex 19 a 25/09
Caderno D

‘A Traição’ será exibido nesta sexta no Cineteatro Wilma Bentivegna

Curta-metragem será lançado às 19 horas e foi produzido pelo Ateliê de Imagens; duração do longa é de 16 minutos

Por de Suzano29 MAI 2019 - 23h38
Curta-metragem será lançado às 19 horas e foi produzido pelo Ateliê de Imagens; duração do longa é de 16 minutosFoto: Bruna Nascimento/DS
O curta-metragem ‘A Traição’, produzido pelo Ateliê de Imagens, será lançado nesta sexta-feira (31), às 19 horas, no Cineteatro Wilma Bentivegna (localizado na Rua Paraná, 70, Jardim Paulista). O evento é gratuito. 
 
O curta produzido tem duração de 16 minutos. O diretor Douglas Cordeiro comenta sobre as motivações que levaram os produtores, roteiristas e diretores a realizarem esta nova trama. "O filme aborda a questão dos relacionamentos superficiais, a questão cultural e o dilema entre a verdade e a mentira. A temática é muito boa e necessitava ser mais trabalhada", ressalta.
 
Continuação
 
‘A Traição’ é a continuação do curta-metragem ‘O Cão é Suave’. Na obra anterior, os diretores envolvem o público com uma linha tênue existente entre a verdade e a mentira, além de explorar as relações pessoais e sociais. A estória é focada em Alfredo, personagem representado por Chico Zé, um homem de meia idade que trai a esposa e engravida a amante. Ao longo do curta, o personagem fica neste dilema de contar ou não o acontecimento para esposa, ou viver remoendo a mentira, deixando a amante em segundo plano.
 
A esposa de Alfredo, Cecília, é representada pela atriz Michelle Rouffy. Além destes dois personagens, há um terceiro, chamado Dogival, atuado por Zé de Riba, é uma personificação do mal, que induz Alfredo a mentir para sua esposa e o leva para caminhos obscuros. 
 
Douglas diz ainda que no 'O Cão é Suave', Alfredo é um homem de má índole e vive uma vida de "cafajeste". Por isso, o nova curta é uma continuação. 
 
O roteirista é o vice-prefeito de Suzano, Walmir Pinto. Foi dele a ideia de escrever algo novo para o personagem Alfredo, o que permite destrinçar sua história de vida e relacionamentos.
 
Lançamento
 
A ideia é exibir os dois curta-metragem. O primeiro será ‘O Cão é Suave’ e, depois, o Cineteatro exibirá a produção ‘A Traição’. 
 
Douglas afirma que, após a exibição dos dois curtas, um debate será realizado, com o objetivo de envolver e promover o entretenimento do público.
 
Novas produções
 
Mais dois curta-metragem serão produzidos pelo Ateliê de Imagens até o final de junho. Os títulos das novas produções não foram divulgadas. 
 
Os cineastas suzanenses se inscreveram em festivais pelo país. “A gente está aguardando a confirmação, mas cremos que ocorra ao final do ano”, disse. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias