Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Sexta 24 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 24/11/2017
mrv

Cursos no Centro Cultural de Palmeiras beneficiam mais de 500 suzanenses

15 ABR 2015 - 08h00

O Centro Cultural Palmeiras Professor Luiz Antônio da Silva oferece diversas opções para os suzanenses. No local, a população tem acesso a oito diferentes oficinas de arte, música, dança e teatro. Atualmente, mais de 500 pessoas estão inscritas nos cursos de violão; desenho artístico; pintura em tela, tecido e em vidro - conhecida como “art noveau” -, patchwork, balé e teatro. Todas as atividades são gratuitas.

A estudante Railane Souza dos Santos, de 12 anos, participa das aulas de teatro, ministradas pelo professor Manoel Adrielson, há dois anos. Segundo ela, o curso tem proporcionado boas experiências dentro e fora do Centro Cultural. “Estou aprendendo muito na oficina e isso me ajuda também na escola. Já produzi uma peça na sala de aula e pretendo fazer outras”, contou ela, que mora na Vila Fátima.

Para a aposentada Sônia Maria Soares de Moraes, de 63 anos, moradora da Vila Ipelândia, essa era a oportunidade que faltava para ela realizar um sonho: aprender a tocar violão.

“Sempre quis tocar algum instrumento, mas nunca tive a chance. Quando soube das inscrições para aulas de violão pertinho de casa não pensei duas vezes. Foi uma das melhores decisões que tomei, pois agora tenho a oportunidade de tocar na igreja que frequento. Nunca é tarde para aprender”, completou a aposentada, que já está matriculada no curso, ministrado por Antônio José de Mattos, há um ano.

E além das realizações pessoais, as oficinas possibilitam também a geração de uma renda extra para os alunos, como é o caso da moradora do Recreio das Palmas, Roseli Moreira Neves, de 41 anos. Ela participa das aulas de pintura em tela desde 2013, e hoje já vende algumas de suas obras. “O curso é uma ótima fonte de renda. Com a venda dos quadros posso ajudar com as despesas familiares. Sem contar que os professores – Gilberto Mattos, Filó Carmargo e Claudia Bellomo – são os melhores, grandes profissionais”, concluiu Roseli.

Para a dona de casa Elisabete Soares do Rosário, de 61 anos, que também faz aulas de pintura, a oficina é uma terapia. “Quando venho para o curso esqueço os problemas. E além de desestressar, aprendo um novo ofício”, disse a moradora do Jardim São Paulo.



Oficinas

As oficinas de teatro, violão, desenho artístico e pintura em tecido ainda têm vagas em aberto. Os interessados devem se dirigir ao Centro Cultural Palmeiras. O telefone da unidade é o 4751-3005.

Biblioteca

O Centro Cultural de Palmeiras conta ainda com uma biblioteca, que dispõe de um acervo de 2,4 mil volumes. A população pode utilizar o espaço para pesquisas ou levar os títulos para casa.

Para pegar livros emprestados, o interessado deve antes fazer a carteirinha no próprio local. Basta apresentar documentos pessoais originais (RG ou CPF) e comprovante recente de endereço (conta de luz, água ou telefone). Menores de 16 anos têm de estar acompanhados dos pais. A carteirinha fica pronta na hora.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias