domingo 14 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Caderno D

Marcus Melo detalha 10ª edição da Virada Cultural Paulista em Mogi

17 maio 2017 - 08h00

No próximo final de semana, Mogi das Cruzes vai receber mais uma edição da Virada Cultural Paulista. Esta será a décima edição consecutiva do evento na cidade. Serão 44 atrações na programação, sendo 30 comandadas por artistas locais e 14 enviadas pelo Governo do Estado. Tudo isso distribuído por seis palcos e com entrada gratuita. A programação está disponível no site da Cultura. A expectativa da organização é receber público de 20 a 30 mil pessoas. O prefeito Marcus Melo (PSDB), acompanhado dos secretários e técnicos municipais envolvidos na organização detalhou, ontem, a estrutura montada pela Prefeitura. “Todos sabem que vivemos um momento de grandes desafios, mas não poderíamos deixar de realizar a Virada Cultural, em razão da boa relação que mantemos com o Governo do Estado. Por isso, buscamos recursos para sua realização. O que queremos é oferecer um evento com muita segurança, para atrair os jovens e também com ambiente familiar, a exemplo do que tivemos nos anos anteriores”, destacou o prefeito. Melo falou também sobre as necessárias mudanças já feitas e ainda por serem feitas na agenda cultural deste ano, em virtude da crise econômica. “Neste ano já tivemos de cancelar o Carnaval e também não teremos como fazer a Expo Mogi da maneira como ela vinha sendo realizada nos últimos anos. Poder promover um evento como a Virada Cultural, portanto, é algo muito importante, ainda mais quando levamos em consideração o fato de que outras cidades deixaram de fazer o evento”, acrescentou. O secretário municipal de Cultura, Mateus Sartori, reforçou o alcance do evento. “Diversas pesquisas mostram que a Virada Cultural é um dos eventos mais lembrados pelas pessoas, portanto estou muito feliz por conseguirmos realizar, ainda mais sabendo que muitas cidades deixaram de participar”, frisou. Sartori lembrou ainda que, além da valorização dos artistas locais – eles representam quase dois terços do total de artistas que vai se apresentar na edição deste ano – ele buscou dar a oportunidade àqueles que ainda não haviam se apresentado em um evento do porte da Virada Cultural. “Poder se apresentar em um evento como a Virada Cultural é algo que ajuda na construção da carreira dos artistas. Não deixa de ser, claro, uma fonte de renda, muito embora seja pequena, mas acrescenta principalmente ao currículo e à visibilidade do profissional”, pontuou. Neste ano, serão mais de 270 artistas envolvidos na Virada. O investimento total, somando infraestrutura e cachê dos artistas, é de R$ 148,2 mil. Secretarias A estrutura montada pela Prefeitura envolve a atuação de diversas secretarias municipais, como Segurança, Transportes, Saúde e Serviços Urbanos. Na Segurança, haverá novamente parceria com as polícias Militar e Civil e o efetivo contará com um total de aproximadamente 200 profissionais atuando ao longo do evento. A Prefeitura também contrata seguranças particulares e brigadistas para atuarem no evento. No transportes, vai disponibilizar saídas extras de ônibus. Oito linhas anteciparão em uma hora o retorno das atividades do domingo, saindo, portanto, às 3 horas do Terminal Estudantes. Sendo elas: Jundiapeba (E103/ E104); Jardim Layr (E111/ E110); Santo Ângelo (E203/E305); Morada do Sol (E506); e Vila Suíssa (E510). Além disso, a linha C002, que parte do Terminal Central e atua como circular na região do Centro, terá uma alteração no itinerário e fará três partidas extras (1h30, às 2h30 e às 3h30), servindo como alternativa de deslocamento entre os palcos da Virada. Haverá ainda cinco veículos reserva, que podem ser utilizados, caso haja demanda. Da parte da Saúde, a Cure 192 estará operando normalmente, podendo ser acionada em caso de necessidade. Além disso, será montado um posto médico no Ginásio Municipal de Esportes Professor Hugo Ramos com uma ambulância de plantão. Na limpeza pública, a Secretaria de Serviços Urbanos montou um esquema especial. Todos os palcos, com exceção do Theatro Vasques, terão containers, para descarte correto do lixo e uma equipe reforçada de varredores, formada por cerca de 40 profissionais, atuará em força-tarefa no domingo de manhã. Outra equipe cuidará da limpeza na manhã de segunda-feira.

Deixe seu Comentário

Leia Também