Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quinta 20 de junho de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 19/06/2019
PMMC UPA JUNDIAPEBA
PMMC JUNHO VERDE
PMMC AGASALHO
Caderno D

Projeto ‘Tempos Difíceis’ lança 1° videoclipe nesta sexta-feira em Suzano

Com direção e roteiro de Douglas Cordeiro, videoclipe tem direção de elenco do vice-prefeito Walmir Pinto

Por de Suzano23 MAI 2019 - 23h38
Projeto ‘Tempos Difíceis’ lança 1° videoclipe nesta sexta-feira em SuzanoFoto: Divulgação
Uma gérbera vermelha é a primeira imagem do videoclipe “Que Tempos Difíceis São Esses Que Falar de Amor é Quase um Crime”. A flor que representa o amor por metáfora e cor é colhida por uma criança que sai andando e encontra pelo caminho algumas das atrocidades de uma sociedade violenta e cheia de ódio. Nesta sexta-feira (24), a partir das 14 horas, na página oficial do projeto, no Facebook, o clip estará disponível para visualização.
 
O jovem diretor, Douglas Cordeiro, que assina também o clip “Cabra Trabalhador”, single do novo CD do músico Zé de Riba que teve mais de inúmeras visualizações e dos curtametragens, “O Cão é Suave” (2018) e “Traição” (2019), faz a direção do clip “Tempos Difíceis”. Junto com ele, Walmir Pinto, como diretor de elenco e da produção desse trabalho que é assinada por Carlos Magno e Amaury Rodrigues, por meio da produtora Ateliê de Imagens - Cinema e Audiovisual. Para essa gravação, a praça Cidade das Flores, em Suzano, serviu de cenário durante um sábado de março.
 
A figuração do clip conta com alunos de teatro da atriz e cantora, Carla Shinabe, além de outros parceiros do projeto. 
"Convidamos artistas e estudantes de teatro para integrar o projeto e ao mesmo tempo conhecer esta nova linguagem”, comenta Walmir.
 
O roteiro do clip está todo baseado numa construção de imagens entre a relação do opressor com o oprimido. É o caso da personagem do ator Chico Zé que interpreta um homem que queima um morador de rua no meio de uma praça. Outra situação é a uma briga de transito vivida pelos atore Drico de Oliveira e Gil Ferreira. A homofobia é retratada pelo ator João Victor Morais e o machismo com Henrique Fernandes com a atriz e também produtora do clip Renata Abreu.
 
“Que Tempos Difíceis São Esses Que Falar de Amor é Quase um Crime” possui como referência um poema do dramaturgo, poeta e escritor alemão, Bertolt Brecht. E no último sábado, estreou o show, em Suzano, no Cineteatro Wilma Bentivegna, que possui dez músicas de autoria de Zé de Riba e Walmir Pinto, além dos arranjos do músico Ricardo de Deus. 
 
O projeto conta ainda com o baixista, Douglas Gamboa, o baterista, Davi Gonçalves e a cantora Carla Shinabe.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias