domingo 14 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Caderno D

Texto de Suami compõe antologia de poesia ‘Além da Terra, Além do Ceu’

10 maio 2017 - 08h00

O poeta de Suzano Suami Paula de Azevedo contribuiu com a antologia de poesia brasileira contemporânea "Além da Terra, Além do Céu". O lançamento aconteceu em três volumes, no último domingo, no Teatro Gazeta, pela editora portuguesa Chiado. O escritor colaborou com o poema "Leituras" para a obra. O evento de lançamento reuniu 150 poetas que participaram da composição da antologia, além de convidados. A obra possui 1.500 textos, divididos em três volumes. As unidades foram produzidas de acordo com a ordem alfabética do nome dos escritores. Suami apresenta "Leituras" no terceiro livro. "Foi interessante chamar atenção da editora para este grande lançamento. Eles (a editora) receberam textos de todo o país e apenas 1.500 foram selecionados. Participei com meu poema sem criar maiores expectativas. A intenção da antologia era retratar as várias vertentes da poesia brasileira. Me senti gratificado com este reconhecimento", diz o escritor. No poema selecionado, Suami trouxe elementos de outro lançamento. "Neste poema, 'Leituras', eu peguei aspectos do meu livro 'Aprendiz de Encantamento', lançado em 2012, onde busco a interpretação de mundo. Como nos colocamos diante do mundo". O autor está prestes a lançar outra obra, nomeada "Paisagem". Neste trabalho, as fases da vida serão representadas. Suami começou a escrever há 50 anos, ainda em Porto Alegre (RS). "Um dos meus mestres foi Mário Quintana. Tive dificuldades em deixar a poesia formal, metrificada, para a poesia livre. Esta é uma poesia que pode conter rimas e métricas, ou não. Poesia é o que o símbolo emite. Rima é prosa. Uma rima não é necessariamente uma poesia". O autor iniciou os estudos sobre a construção poética, a partir da análise dos textos de Jorge Amado e o português Eugênio de Andrade, há 40 anos. "Tive 10 livros de poesia publicados. Em 2014 lancei 'Tão perto/ So Close', em Miami. No ano posterior relancei em francês, 'Tão perto/ Tout prés', no Salão do Livro de Paris, onde recebi uma medalha da Divine Academie. A homenagem é oferecida a quem contribui no intercâmbio França-Brasil, principalmente na parte cultural". Além disso, Suami ainda é educador, formado em direito pela Pontifícia Universidade Católica (PUC), letras pela Universidade de São Paulo (USP) e pedagogia pela Faculdade de Ribeirão Pires. Lecionou na Universidade Braz Cubas e na Universidade Paris Sorbonne. Foi secretário de Cultura em Suzano, na gestão passada. E no DS, é colunista há 30 anos.

Deixe seu Comentário

Leia Também