Envie seu vídeo(11) 4745-6900
sexta 03 de dezembro de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 03/12/2021
CIA SUZANO
SOUSA ARAUJO - SIENA
CREA- SP TRANSFORMAÇÃO DEZEMBRO 2021
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
Cultura

Escritor Sacolinha vira patrono da Sala de Leitura da E.E Jacques Costeau

Sala de leitura recebeu o nome do autor desde o início de 2020, mas por conta da Pandemia do Covid-19 somente agora será possível a inauguração

Por de Suzano22 NOV 2021 - 17h00
Escritor Sacolinha vira patrono da Sala de Leitura da E.E Jacques CosteauFoto: Elidiane Alexandrino/Divulgação

Quem visita a Sala de Leitura da escola Jacques Yves Costeau, no bairro Miguel Badra Baixo, em Suzano, dá de cara com um mural onde o escritor Sacolinha foi destacado de forma ilustrativa. No grafite, ainda tem uma paisagem urbana e uma frase do autor. Esse mural foi produzido no início do ano de 2020. O motivo é porque a biblioteca dessa escola leva o nome de um dos autores mais atuantes da cidade e que faz muito sucesso no Brasil.

A escolha do nome de Sacolinha foi feita por todo o corpo docente da escola, bem como a gestão e os funcionários em geral. E a escolha foi unânime, já que o autor é parceiro da escola há muito tempo e a sua escrita é muito mais próxima dos jovens da comunidade do que qualquer outra.

"É uma homenagem não só pela história de vida, mas principalmente pela obra dele que retrata o cotidiano da periferia do qual muitos dos nossos alunos se identificam" comentou o vice-diretor Robson Belchior.

Sacolinha confessa que não esperava por isso.

"Fiquei bastante surpreso com essa iniciativa. Eu não costumo fazer os projetos visando homenagens e prêmios, eu faço pelo meu propósito, faço porque isso me mantém vivo e dá sentido pra minha vida. Aí um dia eu acordo com a notícia de que vou dar nome à biblioteca de uma escola pública. Só tenho a agradecer e a continuar a desenvolver os projetos culturais, para fazer jus a essa homenagem." Diz o autor.

Essa é a segunda vez em que Sacolinha vira patrono de um projeto literário que tem grande importância. A primeira vez foi em 2019 onde ele foi escolhido para nomear a cadeira 164 da Academia de Letras dos Professores de São Paulo (ALP). Trata-se de um ambiente que dialoga com todas as escolas municipais da cidade de SP, bem como com as Academias Estudantis de cada uma dessas unidades de ensino.

A inauguração da Sala de Leitura da EE Jacques Yves Costeau está prevista para iniciar às 19h30 e pretende se estender até às 21h30. Na ocasião haverá um sarau da Associação Cultural Literatura no Brasil e algumas falas de autoridades como o vice-prefeito e Secretário de Cultura de Suzano, Walmir Pinto.

Por conta da pandemia, a atividade será restrita aos alunos e professores da escola.

Autor

Escritor Sacolinha é formado em Letras pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Autor de romances, livros de contos e crônicas. Em sua trajetória já esteve em programas de televisão como Jô, Provocações, Metrópolis e Manos e Minas. Ganhou vários prêmios por seus livros e seus projetos. Desenvolve ainda uma palestra por semana nas escolas públicas do estado de São Paulo.

Seu último livro "Entre amar e morrer, eu escolho sofrer" é uma ficção que acontece nesse momento de Pandemia do Corona vírus e nos provoca para refletir sobre o nosso papel na sociedade, na política e nas discussões das questões raciais.

Atualmente Sacolinha realiza o projeto “Literatura e Paisagismo – Revitalizando a Quebrada” que tem por objetivo a intervenção em espaços públicos na periferia com literatura, grafite e o plantio de árvores.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias