Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Quinta 23 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 22/11/2017
mrv

Região economiza 7,6 bilhões de litros de água

08 MAR 2015 - 08h00

As dez cidades do Alto Tietê economizaram juntas 7,6 bilhões de litros de água até janeiro, segundo balanço da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). O desempenho foi possível depois de serem implantadas medidas como a concessão do bônus na conta do consumidor e a gestão de pressão das redes.



Entraram no cálculo as cidades de Arujá, Biritiba Mirim, Ferraz de Vasconcelos, Itaquaquecetuba, Poá, Salesópolis, Suzano e mais os Bairros da Divisa (Mogi das Cruzes). Segundo a companhia, o valor economizado é suficiente para o abastecimento das mesmas por um período de dois meses. A companhia também atribui o bom índice à “ adesão maciça da sociedade para enfrentar essa, que é a maior crise hídrica já registrada na Região Metropolitana de São Paulo".



A Sabesp corre para entregar obras essenciais que visam garantir o abastecimento da população. Uma delas foi anunciada em meados deste mês, quando foram iniciadas as obras de captação do Rio Guaió, divisa de Suzano. Quando concluídos os trabalhos, serão adicionados mil litros de água para o abastecimento.



Mananciais



Entre as represas que compõem o Sistema Produtor do Alto Tietê (Spat), Jundiaí é a que tem volume de armazenamento mais alto com 37,4% de sua capacidade total. Ponte Nova opera com 9%, Paraitinga, com 31%, Biritiba-Mirim, 13,4%, e Taiaçupeba, 35%. O nível atual do Alto Tietê é de 18,3%.



Até ontem os níveis de armazenamento registrado nos principais reservatórios era de 11% no sistema Cantareira; 60,1% em Guarapiranga; 83,1% no de Rio Grande; 35,8% em Rio Claro e 38,6 no Alto Cotia.



Tempo



Se depender das condições climáticas, as previsões para o final de semana e para a primeira semana de março são boas. De acordo com a Climatempo, a previsão para Suzano e região até domingo é que chova até 26 milímetros. Já para a primeira semana de março, são esperados 85 milímetros. O curso d'água termina no Rio Taiaçupeba-Mirim, que então deságua na represa Taiaçupeba, pertencente ao Sistema Alto Tietê. Dessa forma, a água do Guaió será armazenada na represa e depois tratada para ser distribuída à população.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias