sábado 20 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 20/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Caderno D

Suzano retoma projeto de hip-hop com ‘Batalha Cultural’ no Colorado

22 abril 2017 - 08h00

A Prefeitura de Suzano, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, promove hoje a primeira edição do “Batalha Cultural”. O projeto será desenvolvido no Centro Cultural Monteiro Lobato, no Jardim Colorado (Rua Domingos Vitorino, 68). Um dos objetivos da iniciativa é fortalecer e divulgar a arte de rua, com direito à intervenções artísticas e musicais inerentes ao movimento. A ideia da administração municipal também é retomar, na oportunidade, o projeto "Arte Pública”. O evento terá início às 10 horas, com entrada gratuita. Participarão do evento artistas e coletivos da cultura hip-hop de Suzano e de outros municípios do Alto Tietê. A programação terá uma série de atividades, incluindo a "batalha de rimas", na qual os desafiantes se enfrentarão por meio de rimas improvisadas, a fim de demonstrarem habilidade, lirismo, criatividade e capacidade de adaptação. O vencedor do confronto vai receber alguns prêmios, entre eles uma gravação musical em estúdio profissional. A agenda cultural vai contar ainda com a apresentação dos DJ’s Zuza e Ras, do cantor de rap DeKaos, de Suzano, e dos grupos de rap Família C.A. e Fator Consequente. Também estarão disponíveis do público que prestigiar a Batalha Cultural trabalhos em grafite, na área externa do Centro Cultural do Jardim Colorado. As intervenções fazem parte do projeto “Arte Pública” que a Secretaria de Cultura quer desenvolver nos prédios públicos da cidade de responsabilidade da pasta. Durante o evento, também serão produzidos no local, painéis relacionados à arte urbana. A atividade terá à frente coletivos artísticos e grafiteiros da região, com organização da artista plástica Aline Baliberdin, que faz parte da equipe da Secretaria de Cultura de Suzano. Segundo Odilon Filho, o Diko, um dos organizadores do Batalha Cultural, o hip-hop tem grande impacto na região do Jardim Colorado, o que justifica a escolha do bairro para abrigar a primeira edição do projeto. “Sempre tivemos uma manifestação da cultura de rua muito forte neste lado da cidade. Há mais de 20 anos, percebemos a organização e o aparecimento de grupos relacionados ao rap, à dança de rua e ao grafite em Suzano, com visível abertura de espaço para a juventude poder se expressar”, afirma. Segundo o secretário municipal de Cultura, Geraldo Garippo, a retomada das atividades culturais nas diferentes regiões de Suzano é uma das principais bandeiras do atual governo na defesa da integração da comunidade e do oferecimento de ações de entretenimento gratuitas. “Este evento (Batalha Cultural) é de suma importância para o calendário cultural do município. A retomada do projeto ‘Arte Pública’, por exemplo, que foi paralisado nos últimos anos, fará com que os artistas plásticos da cidade possam se reunir e compartilhar com a comunidade seus trabalhos. Outro ponto importante é a retomada do diálogo do poder público com a cultura hip-hop, que agrega muitos jovens mas que, nos últimos anos, não teve espaço adequado para sua manifestação”, reforça.

Deixe seu Comentário

Leia Também