sábado 24 de fevereiro de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 24/02/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Editorial

Abre não abre!?

11 janeiro 2023 - 05h00

A novela em torno da abertura do Hospital das Clínicas de Suzano (HC) prossegue. Mas a pergunta que fica: o hospital já não é aberto? Depende da perspectiva.
De fato, o HC recebe pacientes encaminhados por outras unidades hospitalares. É uma unidade de retaguarda. E isso é importante. Garante atendimento a quem precisa. Mas de casos complexos.
Quando se diz abrir o hospital é no sentido de instituir ou criar um Pronto-Socorro para atendimentos de urgência e emergência.
Nesta semana, mais uma vez, o prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi, e o secretário municipal de Saúde, Pedro Ishi, voltaram a pedir a abertura da unidade.
Eles participaram da cerimônia de posse do novo secretário de Estado da Saúde, que agora é comandante pelo médico e ex-deputado federal Eleuses Paiva.
De fato a situação na saúde durante a gestão do governador de São Paulo Tarcísio de Freitas tem expectativa de mudanças, da melhoria no atendimento.
Em um ano, o Hospital das Clínicas se transformou em unidade para cirurgias e, depois, regional. Fez um trabalho importante para tentar desafogar a fila dos pacientes que precisavam de cirurgias.
No entanto, ainda existe a expectativa de que ele se torne um dia um hospital de ‘portas abertas’ para atender casos de urgência e emergência.
A abertura da unidade, confirmada ainda na gestão do então governador Rodrigo Garcia, além de garantir mais um local de atendimento, vai desafogar os hospitais Luzia de Pinho Melo, de Mogi das Cruzes; Santa Marcelina, de Itaquaquecetuba; e o Regional Dr. Osíris Florindo Coelho, de Ferraz de Vasconcelos.
Nesta semana, durante a cerimônia de posse do novo secretário foi enaltecido o trabalho realizado pela gestão anterior, sob liderança de Jean Gorinchteyn.
Foi pontuado os desafios da pandemia do coronavírus (Covid-19) e as expectativas pela continuidade dos valores éticos, morais e científicos que balizaram o enfrentamento da crise em São Paulo.
Na ocasião, o governador Tarcísio de Freitas reforçou o investimento e a revisão da tabela de custeio do Estado junto ao Sistema Único de Saúde (SUS) e destacou a trajetória de Eleuses Paiva como presidente da Associação Médica Brasileira, sendo também um profissional especializado em medicina nuclear pela Universidade de São Paulo (USP).
É preciso seguir com boas expectativas para que a promessa de abertura do HC possa se concretizar.
Para isso, será importante também a cobrança, por parte das prefeituras e também do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat).