Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 20 de agosto de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 19/08/2019
PMMC - TRATA BRASIL
CENTERPLEX 15 A 21/08

Aedes Aegypti

04 JUN 2019 - 23h59
A luta contra a proliferação do mosquito Aedes aegypti prossegue em Suzano e em toda a região.
O Aedes é um mosquito doméstico. Ele vive dentro de casa e perto do homem. Com hábitos diurnos, o mosquito se alimenta de sangue humano, principalmente ao amanhecer e ao entardecer. A reprodução acontece em água limpa e parada, a partir da postura de ovos pelas fêmeas. Os ovos são colocados e distribuídos por diversos criadouros.
Nesta semana, o DS trouxe reportagem mostrando que o Departamento de Controle de Zoonoses da Prefeitura de Suzano vem realizando um conjunto de ações de combate ao mosquito Aedes aegypti. A mais recente ocorreu no bairro Cidade Boa Vista. O inseto é transmissor de doenças como dengue, zika, chikungunya e até mesmo febre amarela. A iniciativa envolve orientação de moradores e nebulização em vias públicas e nas residências.
As características mais marcante do mosquito é a coloração preta com listras e manchas brancas espalhadas pelo corpo. O padrão de coloração confere certa camuflagem ao mosquito, que, normalmente, realiza seus voos em locais com pouca luz e perto do solo. Nos ambientes urbanos, é comum encontrar o mosquito em cantos escuros no interior das casas, como sob a cama e embaixo de pias.
Em Suzano, de acordo com o Setor de Zoonoses, o primeiro trabalho realizado pelas equipes é o de conscientização dos moradores. Os agentes percorrem casa a casa para orientá-los sobre os cuidados necessários para evitar o surgimento de criadouros da dengue. Na sequência, em caso de necessidade, há nebulização veicular em via pública, que é pulverização de inseticida.
Na última sexta-feira (31), houve uma iniciativa ainda mais específica. Integrantes do Departamento de Controle de Zoonoses fizeram nebulização, com bomba costal motorizada (equipamento individual), no interior de 65 residências da rua Jaime Leme – com entrada autorizada pelos moradores.
As ações contra o Aedes aegypti ocorrem ao longo de todo o ano em diversos bairros e são bem recebidas pela população. Esse persistente trabalho da Prefeitura de Suzano é eficaz e muito significante, segundo a administração. 
Por mais que as pessoas estejam cientes do perigo, sempre pode haver algo que se torne foco de criadouro do mosquito da dengue. 
Suzano reforça que a responsabilidade pelo combate é de todos e que simples hábitos podem fazer a diferença na prevenção e no controle do mosquito Aedes aegypti.
É importante que as pessoas sejam vigilantes em suas residências e seus comércios. 
Sempre evitar tudo aquilo que pode acumular água. Além disso, é necessário usar repelente, principalmente em locais onde já surgiram casos de dengue. Se o inseto não pica, ele não sobrevive e, portanto, não consegue transmitir doenças.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias