Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 23 de julho de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 22/07/2019
PMMC INVERNO
PMMC AGASALHO
PMMC ORQUIDEAS
Centerplex Rei Leão
PMMC FÉRIAS

Alto Tietê e China

17 MAI 2019 - 23h59
Reportagem publicada na edição de ontem do DS mostrou, com exclusividade, que o Consórcio dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) confirmou que estuda a viabilidade de implantar um escritório do consórcio na China, em parceria com a Câmara de Empresários Chineses no Brasil, com o intuito de estimular a cooperação técnica e comercial. 
A Coluna Lance Livre antecipou, na edição de quinta-feira (16), a informação.
É uma notícia importante porque pode abrir oportunidade de novos investimentos nas cidades da região.
A possibilidade de novos investimentos pode aquecer a economia e gerar novos empregos.
Gerar empregos, aliás é um dos grandes desafios das atuais administrações municipais.
A reportagem mostrou que a China é uma das maiores potências mundiais e tem interesse em investir no Brasil. Já existem tratativas com o Governo de São Paulo para um escritório no País e o Alto Tietê chamou a atenção dos chineses pelas características de desenvolvimento dos municípios (com destaque para o setor industrial) e a articulação regional existente por meio do consórcio.
Inicialmente, o Condemat assinou uma carta de intenções com o Governo da China e aguarda a documentação para estudo de viabilidade de Termos de Cooperação Técnica, que implicarão em escritórios de representação do Alto Tietê nos municípios de Zhengzhou, capital do Estado de Henan, e de Hangzhou, capital do Estado de Zhejiang.
Os escritórios servirão como apoio técnico e comercial para atender tanto autoridades quanto empresários. Funcionarão, a princípio, com profissionais da Câmara de Empresários Chineses no Brasil. Não haverá qualquer custo para o consórcio.
Toda a parte burocrática ainda está em andamento e a participação do Condemat faz parte de um conjunto de tratativas que incluem acordos de cidade-irmã com três dos 11 municípios consorciados – Guarulhos, Mogi das Cruzes e Suzano.
Está prevista a viagem de uma comitiva de representantes das prefeituras e de empresários do Alto Tietê – convidados pela Câmara de Empresários Chineses - para a China no período de 3 a 13 de junho para uma série de audiências com o Governo dos Estados onde funcionarão os escritórios e as cidades-irmãs, assim como visitas à empresas chinesas, em especial, de tecnologia em segurança e destinação do lixo. Garantir novos empregos, promover o desenvolvimento da economia são importantes para as cidades da região.
A expectativa é grande, por conta das dificuldades existentes não somente nas cidades da região, mas em todo o País.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias