Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quinta 22 de agosto de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/08/2019
PMMC - TRATA BRASIL

Avenida das Orquídeas

20 JUL 2019 - 23h59
Mogi das Cruzes inaugurou, na semana passada, uma importante obra para garantir mais acesso viário e desafogar a Rodovia Henrique-Eroles (SP-66) no sentido Suzano, principalmente.
Entregue no dia 13 de julho, a Avenida das Orquídeas completa o Corredor Leste-Oeste.
É uma das principais obras de mobilidade urbana da história da cidade. 
A nova via facilita o deslocamento de carros de passeio, ônibus e caminhões entre o centro e os distritos de Braz Cubas e Jundiapeba, funcionando como uma alternativa à rodovia SP-66.
As opções de trânsito são sempre importantes para garantir maior fluidez, evitar acidentes e desafogar os congestionamentos, principalmente, nos horários de pico.
A Avenida das Orquídeas é, sem dúvida, um corredor muito importante porque segue pela Avenida Guilherme George, no sentido Avenida Jorge Bei Maluf, em Suzano.
A parte suzanense ainda precisa de reparos. E é isso que a Preeitura de Suzano quer agora. Parcerias com os governos estadual e federal para revitalizar o trecho da cidade.
Em Mogi, a avenida tem 10,5 quilômetros no total. O corredor é dividido em várias etapas, que agora se completam. A primeira teve início com a recuperação da avenida Tenente Onofre Rodrigues de Aguiar, na Vila Industrial, que ganhou pavimentação pintura e novos equipamentos de sinalização. Foi entregue em dezembro de 2016 e garantiu uma nova opção de transporte de insumos e produtos para as empresas situadas na região.
Os usuários do sistema viário, geralmente leva em consideração pontos importantes, que influem diretamente na forma de sua utilização. A demanda é por deslocamentos mais rápidos, seguros, diretos e econômicos, porém, estas qualidades não fazem parte da realidade de toda a população.
Buscar deslocamentos eficientes, ou quase eficientes, é uma tarefa mais fácil para pessoas que possuem veículos próprios, que fazem escolhas simples e significativas para o resultado final da viagem, escolhas como horários, trajetos, etc.
No caso de Mogi, paralelamente, outra frente de trabalho ocorreu na Avenida Guilherme George, que liga a região central de Jundiapeba até a divisa com Suzano, permitindo a ligação com o Rodoanel. A avenida foi duplicada, ganhou uma nova pista até a divisa com a cidade vizinha, além de guias, sarjetas e retorno para os veículos, bem como uma ponte sobre o rio Taiaçupeba. Foi concluída em 2017.
A quarta e última etapa do Corredor Leste-Oeste foi a mais complexa, pois incluiu a construção de uma nova avenida, com 3,5 km de extensão, em uma grande área entre os distritos de Braz Cubas e Jundiapeba.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias