quinta 13 de junho de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 13/06/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Editorial

Baep na região

14 agosto 2019 - 23h59
As unidades especializadas - que são os Batalhões de Ações Especiais (Baeps) - foram criadas, pelo governo estadual, para combater o crime de maneira mais ostensiva em todo o Estado de São Paulo, já que as equipes atuam de forma semelhante aos padrões do policiamento de Choque. Atualmente, há cinco Baeps distribuídos nos municípios de Campinas, Santos, São José dos Campos, São Paulo (zona leste) e Barueri. De acordo com o governo estadual, a ampliação das unidades vai de encontro ao compromisso de chegar a 22 Baeps no Estado. A cidade de São Bernardo do Campo recentemente foi a sede do 6º Baep, que atenderá todos os municípios da região do Grande ABC. 
Nesta semana, em reportagem, o DS publicou informação dando conta de que o comandante da Polícia Militar do Alto Tietê, coronel Wagner Tadeu da Silva Prado, divulgou, após o evento ‘Café com o Comandante’, que a planta para construção de um Batalhão de Ações Especiais (Baep) da Polícia Militar, foi desenhada e encaminhada para aprovação.
Uma notícia importante, ótima para garantir uma sensação maior de segurança. Agora é esperar para que o Baep do Alto Tietê saia do papel.
Para implantação dos Baeps, o efetivo empregado passa por treinamento. As atividades, coordenadas e aplicadas pelo Comando de Policiamento de Choque (CPChq), abordam disciplinas específicas do treinamento da Ronda Ostensiva Tobias de Aguiar (Rota), do 2º e 3º Batalhões de Policiamento de Choque (CPChq) do Comando e Operações Especiais (COE) e do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate). Entre os conteúdos passados aos policiais estão patrulhamento tático, gerenciamento de crises e negociações com reféns, busca e localização de artefato explosivos, conduta de patrulha em locais de risco, controle de multidões, policiamento em eventos e praças desportivas.
Na região, a construção do batalhão será, segundo o comandante, em Jundiapeba, no mesmo terreno da antiga Polícia Rodoviária, na Avenida Lourenço de Souza Franco (SP-66). O Baep dividirá o terreno com o nova base da Guarda Civil Militar.