sábado 20 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 20/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Editorial

Centro Oncológico

11 maio 2017 - 08h00

O Alto Tietê ganhou ontem uma importante ferramenta de combate ao câncer. O governador Geraldo Alckmin (PSDB) inaugurou, em Mogi das Cruzes, o Centro Oncológico do Hospital das Clínicas Luzia de Pinho Melo, unidade da Secretaria de Estado da Saúde, que vai oferecer atendimento integral a pacientes com câncer da região, em parceria com a Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM). Em todo o mundo, graças aos avanços científicos, especialistas têm se aprofundado cada vez mais na compreensão da enfermidade que se subdivide em mais de cem tipos e se mostra como um dos maiores desafios da medicina: a Organização Mundial da Saúde (OMS) prevê um aumento de 70% no número de novos casos de câncer ao longo das próximas duas décadas. Desvendar o perfil dos tumores e combatê-los com medicamentos que miram mutações moleculares e genéticas específicas constitui parcela significativa do progresso — as chamadas terapias-alvo ganharam força a partir dos anos 2000. Essa personalização das ações de luta contra a doença, destaca o oncologista Carlos Barrios, tende a se intensificar no futuro. Ontem, em Mogi das Cruzes, o governo do Estado garantiu que investiu R$ 27,2 milhões para construir o prédio do Centro Oncológico, incluindo a aquisição de um acelerador linear, equipamento utilizado para sessões de radioterapia. O Estado garante que a inauguração completa o ciclo de tratamento de câncer, todas as neoplasias, desde o diagnóstico. O hospital está aparelhado, com cirurgias, quimioterapias e a expectativa é dobrar a capacidade de atendimento. O Centro Oncológico vai possibilitar tratamento integral desde o acompanhamento do paciente a partir do diagnóstico até a última fase do tratamento. O setor passa a funcionar de forma gradativa para oferecer 300 sessões de tratamento por mês, com a expectativa duplicar esse número para 600 sessões mês, até o final do ano. O Hospital das Clínicas Luzia de Pinho Melo faz parte da Rede Hebe Camargo de Combate ao Câncer, que possui 76 unidades oncológicas em todo o Estado. Habilitado como Unidade de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon), é considerado referência para toda a região do Alto Tietê e recebe em média 90 pacientes com casos novos de câncer por mês. Em 2016, o hospital prestou 10.442 atendimentos, incluindo consultas e tratamentos de quimioterapia e hormonioterapia, 13,7% a mais do que o número registrado no ano anterior. A região realmente está de parabéns e ganha um importante meio de combater essa doença tão temida.