segunda 27 de maio de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 26/05/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Editorial

Contra a gripe

27 março 2024 - 05h00Por editoracao

A campanha nacional de vacinação contra a gripe é de extrema importância.
Para a efetiva proteção da população, especialmente dos mais vulneráveis, é necessário que mais pessoas recebam o imunizante. 
O Ministério da Saúde orienta que estados e municípios ampliem o calendário de ações locais enquanto durarem os estoques de vacinas.
A vacina é oferecida todos os anos, antes do inverno, período em que as doenças respiratórias são mais comuns. Os imunizantes têm perfil de segurança excelente e, geralmente, são bem tolerados. 
A vacina é fabricada com vírus inativados, fragmentados e purificados, ou seja, não é capaz de induzir o desenvolvimento da doença. Além disso, a composição e a concentração de antígenos são atualizadas a cada ano, seguindo orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS). O Ministério da Saúde reforça que o imunizante pode ser administrado simultaneamente com outras vacinas do calendário nacional.
O Movimento Nacional pela Vacinação continua e é importante lembrar que as UBS estão abastecidas com os imunizantes indicados no calendário de vacinação, de acordo com as idades.
Nesta semana, a Prefeitura de Suzano, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, iniciou a campanha de vacinação contra a gripe (Influenza) nos 24 postos de saúde da cidade. A imunização ocorrerá de segunda a sexta-feira (exceto feriados), das 8 às 15 horas. Neste primeiro momento, foram enviadas 11 mil doses da vacina pela Secretaria de Estado da Saúde.
Terão prioridade crianças de seis meses a 6 anos, idosos com 60 anos ou mais, gestantes, puérperas (pós-parto), indígenas, quilombolas, trabalhadores da Saúde, pessoas com deficiência permanente, adolescentes em medidas socioeducativas, população abaixo de 18 anos privada de liberdade, funcionário do Sistema de Privação de Liberdade, pessoas com comorbidades, professores, integrantes das Forças Armadas, pessoas em situação de rua, integrantes de Forças de Segurança e Salvamento, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário, de passageiros, urbanos e de longo curso e pessoas que atuam na área portuária.
Para se vacinar, é preciso apresentar documento oficial com foto, CPF, Cartão SUS e caderneta de vacinação. A lista de postos de vacinação está acessível no link bit.ly/EnderecosUBS. A prefeitura também vai ampliar os comunicados sobre a vacinação nas mídias sociais e nas unidades de saúde. A ideia é atingir o maior número de pessoas que compõem o público que tem prioridade na vacinação neste momento.
O objetivo da vacina da gripe? é reduzir a circulação do vírus e, consequentemente, o número de hospitalizações e risco de morte devido à gripe, já que o Influenza está relacionado a uma série de complicações como pneumonia e doenças cardíacas, por exemplo.
E vale a pena se vacinar: segundo o Ministério da Saúde, já é possível notar um índice de redução de episódios da doença este ano, se comparado ao ano anterior, quando houve predominância da circulação do vírus da gripe A (H1N1). Foram registrados em 2016, cerca de 12 mil casos, com 2.200 mortes em decorrência da gripe.