terça 21 de maio de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/05/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Editorial

'Dia D' de vacinação

12 abril 2024 - 05h00Por editoracao

A vacinação tem se mostrado eficaz no combate às doenças e o Brasil é referência no mundo.
A vacinação contra a gripe é realizada todo o ano com resultados importantes. 
Agora, as cidades preparam um Dia ‘D’ para reforçar a imunização.
De acordo com a Prefeitura de Suzano, por exemplo, será realizada neste sábado (13) o “Dia D” campanha de vacinação contra a gripe (Influenza) nos postos da cidade e em dois polos volantes próximos à região central para os grupos prioritários. Além disso, haverá atendimentos especiais nas Unidades de Saúde da Família (USFs) e avaliação bucal a livre demanda aos idosos que forem às Unidades Básicas de Saúde (UBSs) por conta da Campanha de Prevenção ao Câncer Bucal.
O Movimento Nacional pela Vacinação inclui diversas vacinas e tem o objetivo de retomar a alta cobertura vacinal no país. Em 2023, das 16 vacinas do Programa Nacional de Imunização (PNI), 13 tiveram aumento na cobertura. Segundo o Ministério da Saúde, foram investidos no PNI, no ano passado, R$ 6,5 bilhões. Em 2024, esse valor saltou para R$ 10,9 bilhões.
Na comunidade escolar, vacinas contra a poliomielite, febre amarela, meningite ACWY, tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola) e o HPV são alguns dos imunizantes para a faixa etária que estarão disponíveis nas escolas até o dia 19 de abril. A ação é uma parceria dos ministérios da Saúde e da Educação e faz parte do Programa Saúde na Escola (PSE).
Em Suzano, os locais e horários para a vacinação foram definidos de maneira que facilitem o acesso da população à imunização, que foi antecipada pelo Ministério da Saúde para proteger os brasileiros antes do aumento da circulação de vírus respiratórios.
O setor Vigilância Epidemiológica de Suzano tem cerca de 23 mil doses da vacina contra o vírus Influenza. Para isso, basta ir a uma unidade de saúde da cidade ou a um dos postos volantes e apresentar documento oficial com foto, CPF, Cartão SUS e caderneta de vacinação. A prefeitura também está ampliando os comunicados sobre a vacinação nas mídias sociais e unidades de saúde para alcançar o maior número possível de pessoas. Neste ano, a vacina foi composta para proteger contra a Influenza A (H1N1), Influenza A (H3N2) e Influenza B. Neste momento são considerados o público-alvo as crianças de seis meses a 5 anos, idosos com 60 anos ou mais, gestantes, puérperas (pós-parto), indígenas, quilombolas, trabalhadores da Saúde, pessoas com deficiência permanente, adolescentes em medidas socioeducativas, população abaixo de 18 anos privada de liberdade.