quarta 21 de fevereiro de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/02/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Editorial

Doação de sangue

19 novembro 2022 - 05h00

A doação de sangue é um gesto solidário de doar uma pequena quantidade do próprio sangue para salvar a vida de pessoas que se submetem a tratamentos e intervenções médicas de grande porte e complexidade, como transfusões, transplantes, procedimentos oncológicos e cirurgias. Além de pessoas que submetem a procedimentos e intervenções médicas, o sangue também é indispensável para que pacientes com doenças crônicas graves - como Doença Falciforme e Talassemia - possam viver por mais tempo e com mais qualidade, além de ser de vital importância para tratar feridos em situações de emergência ou calamidades.
Novembro é uma época muito especial para a doação de sangue no Brasil. No dia 25 se celebra o Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue. Para prestar uma homenagem a essas pessoas tão especiais, a Pró-Sangue promove a Semana Nacional do Doador de Sangue.
Além de prestigiar os doadores, a iniciativa busca estimular a doação de sangue e aumentar o volume do estoque para que não falte esse fundamental hemocomponente nos mais de 80 hospitais abastecidos pela instituição.
Nesse ano, a Semana do Doador da Pró-Sangue acontece entre os dias 21 e 26 de novembro e segue com a tradição de presentear o público com apresentações musicais e artísticas no posto Clínicas, bem como com diversas surpresas em todas as unidades de coleta da instituição.
Uma única doação pode salvar até quatro vidas. Um simples gesto de amor e solidariedade pode gerar muitos sorrisos. Faça sua parte, independentemente de parentesco entre o doador e quem receberá a doação. O sangue é insubstituível e sem ele é impossível viver. Por isso, o Ministério da Saúde reforça periodicamente a importância de os brasileiros adotarem a cultura solidária da doação regular e espontânea de sangue.
Para doar sangue basta estar em boas condições de saúde e alimentado, ter entre 16 e 69 anos (para menores de idade, consultar o site da Pró-Sangue), pesar mais de 50 kg e levar documento de identidade original com foto recente, que permita a identificação do candidato.
Recomenda-se também evitar alimentos gordurosos nas 4 horas que antecedem à doação e, no caso de bebidas alcoólicas, 12 horas antes. Se a pessoa estiver com gripe ou resfriado, não deve doar temporariamente. Mesmo que tenha se recuperado, deve aguardar uma semana para que esteja novamente apta. Vale lembrar que o coronavírus foi incluído nos critérios de triagem e pode trazer alguns impedimentos para as pessoas que viajaram para o exterior ou tiveram algum contato com a doença (ainda pelo site da Pró-Sangue é possível se informar das condições para doação em relação a essa infecção).