domingo 19 de maio de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 19/05/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Editorial

Libras

27 abril 2024 - 05h00Por editoracao

O brasileiro já ouviu falar da Libras, uma língua utilizada pela maioria das pessoas surdas para se comunicar.
Muito importante. Inclusive, ao contrário do que muitos pensam, ela não se baseia apenas nas mãos, mesmo que esses membros assumam um papel super importante na sinalização. 
Na verdade, as expressões faciais e movimentos corporais são também essenciais para a comunicação. 
Libras significa Língua Brasileira de Sinais. Através dela, é possível promover mais acessibilidade na comunicação, o que foi conquistado através de muito esforço e ainda faz parte de uma batalha diária na vida de muitos brasileiros. 
Nesta semana, Suzano deu um passo importante no sentido de ampliar a acessibilidade dentro da cidade.
A Central de Interpretação de Libras (CIL) da Prefeitura de Suzano ganhou uma sala exclusiva para atendimentos de tradução de maneira presencial e on-line. Com objetivo de oferecer mais comodidade aos usuários, o novo espaço está localizado no Serviço de Ação Social e Projetos Especiais (Saspe), situado na Rua General Francisco Glicério 1.334, no centro. A abertura ocorreu na tarde desta quarta-feira (24/04), data em que é celebrado o Dia Nacional da Língua Brasileira de Sinais (Libras).
O novo espaço foi projetado para oferecer um ambiente ainda mais acolhedor e funcional, atendendo às necessidades específicas da comunidade surda. Para solicitar os serviços é preciso preencher o formulário disponível no link bit.ly/cilsuzano, que é totalmente adaptado para atender às necessidades do usuário, incluindo vídeos em Libras. 
Especialistas afirmam que assim como existem várias línguas faladas no mundo, também existem várias línguas de sinais pelo mundo. Cada país tem sua própria língua de sinais, tal como temos nossa própria língua falada. Em Suzano, a maioria das consultas é realizada por meio de videochamadas, as quais devem ser agendadas com até cinco dias úteis de antecedência. Com o novo espaço, será disponibilizada a opção de atendimento presencial em casos específicos, conforme avaliação do intérprete. O local funciona de segunda a sexta-feira, das 9 às 16 horas.
O projeto, pioneiro no Alto Tietê, é uma parceria do Saspe com a Secretaria de Comunicação Pública e irá completar um ano de funcionamento em 16 de maio.