Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 17 de junho de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 15/06/2019
PMMC JUNHO VERDE
PMMC UPA JUNDIAPEBA
PMMC AGASALHO
CENTERPLEX 13 A 19/06

Prédios das delegacias

20 MAI 2019 - 23h59
O relatório do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP) mostrou a necessidade de manutenção dos prédios das delegacias das cidades da região. O DS trouxe reportagem na edição de domingo após ter acesso aos inúmeros apontamentos do TCE.
O Tribunal realizou no dia 30 de abril, uma fiscalização ordenada em 275 Delegacias de Polícia (DP) do Estado, para verificar as condições do trabalho, atendimento à população e infraestrutura dos locais. 
Só para se ter uma ideia no Alto Tietê, sete delegacias de sete cidades - Arujá, Ferraz de Vasconcelos, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Poá, Salesópolis e Suzano - foram vistoriadas. 
De acordo com o levantamento do TCE-SP, quatro delegacias da região apresentam infraestrutura precária e precisam ser reformadas com urgência. 
A maioria dos espaços não está em boas condições de uso e muito menos conservados. 
Há um pedido urgente da Delegacia Seccional de Mogi das Cruzes, que atende o Alto Tietê, para que os serviços tenham agilidade.
O levantamento do TCE mostrou que cerca de 57,2% do total, estão com problemas de infiltração, bolores, rachaduras, vazamentos e goteiras em quase todo o prédio. 
Outro problema citado no documento é que 71,4%, ou seja, cinco delegacias, apresentam riscos aos funcionários e a população.
Por exemplo, a unidade de Suzano tem inúmeros fios elétricos expostos que podem causar choques elétricos e até mesmo incêndios; a de Mogi apresenta extintores vencidos e a unidade de Itaquá não possui nenhum extintor; a delegacia de Ferraz apresenta escadas irregulares e a de Poá, alambrados que podem cair a qualquer momento. Vale ressaltar que os fiscais registraram todas as irregularidade por meio de fotografias. 
Não há dúvida de que é importante que os prédios sejam reformados para atendimento à população. 
Também para melhorar o serviço prestado pelos funcionários das delegacias.
No levantamento do TCE, além de avaliar os locais, os fiscais do TCE-SP realizaram uma pesquisa com os funcionários e a população atendida nas delegacias, para verificar o nível de satisfação dos serviços. 
Os resultados das pesquisas feitas na região ficaram divididos, pois metade acredita que o atendimento prestado seja ótimo e a outra metade acredita ser regular. Já os funcionários das delegacias se mostraram desmotivados com o trabalho. 
O levantamento ainda apontou que todas as delegacias visitadas estão com o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) fora da validade. As viaturas policiais das unidades também foram fiscalizadas durante a visita e cerca de 65,5% do total de veículos que estão em uso (52) apresentam problemas mecânicos. Vale ressaltar que o número de veículos aumenta se somados com as viaturas paradas. É importante aguardar as providências que serão tomadas pela Secretaria de Segurança Pública diante das constatações.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias