segunda 20 de maio de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 19/05/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Editorial

Psicólogos nas escolas

05 abril 2024 - 05h00Por editoracao

Muitos profissionais fazem parte do sucesso de uma escola, desde professores, secretários acadêmicos, auxiliares da limpeza, segurança, até os gestores. O psicólogo escolar está entre os colaboradores que desempenham um papel importante nesse ambiente.
Nesta semana, a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP) garantiu que vai ampliar em mais 117 o número de psicólogos, que passam a integrar o quadro composto atualmente por 550 profissionais do programa Psicólogos nas Escolas. Essas pessoas serão responsáveis por atuar com estudantes e professores das escolas estaduais e a ação faz parte do Programa de Melhoria da Convivência e Proteção Escolar (Conviva).
O programa Psicólogos nas Escolas prevê que esses profissionais atuem principalmente em conjunto com os professores orientadores de convivência (POCs) — disponíveis em todas as 5.000 unidades de ensino —, diretores escolares e, em nível regional, com os professores especialistas em currículo (PECs) do Conviva. O objetivo é desenvolver ações para a melhoria da convivência escolar.
Segundo o Governo do Estado, cada um dos psicólogos atuará por 30 horas semanais, no horário de funcionamento das unidades escolares às quais eles estarão vinculados.
Caberá aos 117 novos psicólogos, em suas frentes de atuação, elaborar e promover formações, orientações e dinâmicas com os profissionais da educação e estudantes a fim de prevenir e mitigar conflitos; atuar em caráter universal, com projetos que beneficiem toda a comunidade escolar; em caráter de exceção, eles estão autorizados a fornecer atendimento individualizado e, quando necessário, promover a orientação e encaminhamento para a rede protetiva, como unidades de saúde, entre outros trabalhos importantes.
Especialistas afirmam que o psicólogo educacional tem a atribuição de estudar e intervir no comportamento humano no contexto da educação. Um de seus principais objetivos é o desenvolvimento de todos aqueles que estão inseridos neste cenário.
Ele é um agente fundamental para proporcionar o desenvolvimento dos estudantes, professores e demais pessoas envolvidas no contexto da escola.