sábado 02 de março de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 01/03/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Nacional

Morre Guilherme de Pádua, condenado pelo assassinato de Daniella Perez

Ex-ator sofreu um infarto em casa, em Belo Horizonte

07 novembro 2022 - 07h58Por De Belo Horizonte
O ex-ator e atual pastor Guilherme de Pádua, assassino da atriz Daniella Perez, morreu neste domingo (6), aos 53 anos. Em nota, a assessoria informou que Guilherme de Pádua sofreu um infarto em casa, em Belo Horizonte. O ex-ator compunha o time pastoral da Igreja Batista da Lagoinha desde sua ordenação, em 2017. “A Igreja Batista da Lagoinha envia seu abraço e suas mais sinceras condolências à família de Guilherme de Pádua, que também faz parte da nossa. Lamentamos sua morte precoce”, diz nota da igreja.
 
Em transmissão ao vivo pelas redes sociais, o pastor Márcio Valadão contou como soube da morte de Pádua. “Pouco antes das 22h, recebi o telefonema de uma irmã falando que um dos nossos pastores acabou de falecer. Pra mim foi um impacto muito grande, porque hoje de manhã dirigi o culto e ele estava com a esposa no primeiro banco”, relatou.
 
Valadão também citou o assassinato de Daniella Perez, cometido por Guilherme. “Ele praticou aquele crime tão terrível com a Daniella Perez. Foi preso, cumpriu a pena e se converteu. Ele estava dentro de casa, caiu e morreu. Acabou de morrer”, disse o pastor na live.
 
O assassinato de Daniella Perez
 
Daniella Perez, filha da escritora Glória Perez, foi assassinada por Guilherme de Pádua e a sua então esposa, Paula Nogueira Thomaz em 28 de dezembro de 1992. Na época do crime, Daniella, que tinha apenas 22 anos, protagonizava um par romântico com Pádua na novela De Corpo e Alma.