terça 21 de maio de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/05/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Nacional

Mudança no estilo de vida reduz riscos de câncer, alerta o oncologista Dr. Ricardo Motta

Dr. Ricardo Motta reforça a importância de mantermos os cuidados básicos com a saúde, que incluem consultas regulares ao médico e a realização de exames de rotina para um diagnóstico precoce e prevenção de diversos tipos de cânceres.

09 abril 2024 - 17h49Por De Divulgação

No Dia Mundial de Combate ao Câncer (08 de Abril) o oncologista clínico Dr. Ricardo Motta reforça a importância de mantermos os cuidados básicos com a saúde, que incluem consultas regulares ao médico e a realização de exames de rotina para um diagnóstico precoce e prevenção de diversos tipos de cânceres. 

“Alguns tipos de tumores são possíveis de evitar com prevenção e vacinação, por isso, é importante manter uma rotina de autocuidado”, destaca o oncologista.

Segundo ele, a prevenção do câncer também envolve uma combinação de mudanças no estilo de vida da pessoa. 

"Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), cerca de 80% a 90% de todos os casos da doença estão associados a fatores externos, como o tabagismo, exposição excessiva ao sol, infecção por vírus do HPV, hábitos alimentares, alcoolismo, hábitos sexuais, medicamentos e fatores ocupacionais associados à exposição de substâncias cancerígenas", explica o especialista

Ainda de acordo com o INCA, são esperados 704 mil casos novos de câncer no Brasil para cada ano do triênio 2023-2025, com destaque para as regiões Sul e Sudeste, que concentram cerca de 70% da incidência. 

O tumor maligno mais incidente no Brasil é o de pele não melanoma (31,3% do total de casos), seguido pelos de mama feminina (10,5%), próstata (10,2%), cólon e reto (6,5%), pulmão (4,6%) e estômago (3,1%).