quarta 17 de julho de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 17/07/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Caderno D

Inscrições para oficina de filmagem podem ser feitas até dia 15 em Suzano

08 julho 2015 - 08h00

Ainda dá tempo de participar do segundo módulo do projeto Cine-Musical - "Filmagem". Os interessados devem efetuar o cadastro na recepção do Centro de Educação e Cultura Francisco Carlos Moriconi até o dia 15 de julho. São 30 vagas, ao todo, e a idade mínima exigida é de 16 anos.

O prazo de inscrição encerra quando todas as vagas forem preenchidas. As atividades são gratuitas. Durante as aulas o participante aprenderá a fazer leitura de roteiro e exercícios práticos de utilização de equipamentos básicos de filmagem, câmeras portáteis, celulares, iluminação, bem como informações sobre história, estética e movimentação da câmera na linguagem cinematográfica. A oficina será ministrada pela cineasta Thaísa Valadão. O secretário de Cultura, Suami Paula de Azevedo, classifica como de suma importância atividades como essas, que colaboram com a formação intelectual de crianças, jovens e adultos. "E não é só o cinema, mas diversas outras áreas artísticas, como o Teatro, Música, Ballet, Pintura e Artesanato que também contam com cursos promovidos pela nossa secretaria". As aulas começam a partir da segunda quinzena de julho, sempre às quintas-feiras, a partir das 18 horas, no mesmo local das inscrições. Atualmente, estão em andamento as oficinas de preparação de Ator e Canto, ministradas respectivamente por Wilson Antunes e Renato Briante Pires. O Centro Cultural Moriconi fica na Rua Benjamin Constant, 682, Centro, e funciona de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas. projeto O projeto Cine-Musical está sendo realizado na cidade por meio de parceria entre a Prefeitura de Suzano e o governo do Estado de São Paulo e Oficina Cultural Metropolitana. O tema desta edição é "Tempo de Fé", uma canção de autoria de Lula Barbosa. A iniciativa trabalha a sétima arte como instrumento de aprendizagem, e entende o cinema como expressão cultural de uma sociedade.

Deixe seu Comentário

Leia Também