Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 19 de julho de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 18/07/2019
PMMC FÉRIAS
PMMC INVERNO
Centerplex Rei Leão
PMMC AGASALHO
PMMC ORQUIDEAS

Atendimento psicológico

15 JUN 2019 - 23h59
O DS trouxe, na semana passada, reportagem mostrando que já se completaram três meses da tragédia ocorrida na Escola Estadual Professor Raul Brasil. 
Após a tragédia, a Prefeitura de Suzano obteve a confirmação da vinda de 39 psicólogos. Este foi o resultado das tratativas realizadas entre os governos municipal e estadual. O plano de trabalho foi elaborado pela Saúde Mental e apresentado à Secretaria de Estado de Saúde após o ataque, que culminou na morte de oito pessoas, além dos dois atiradores. A previsão é de que os novos profissionais comecem a prestar o serviço na cidade em julho.
O anúncio foi feito durante audiência na sede da pasta estadual, em São Paulo, pelo secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann Ferreira, e pelo adjunto, Alberto Hideki Kanamura. Estiveram presentes na reunião o secretário municipal de Saúde, Luis Claudio Guillaumon, a diretora técnica Tânia Mara Porfírio e a coordenadora da Saúde Mental de Suzano, Dulce Ramos.
Não há dúvida que o atendimento psicológico é importante. Tem a finalidade de tratar questões de cada sujeito em sua singularidade, assuntos relacionados a seus sentimentos, acontecimentos de sua vida cotidiana, de seu passado, presente, de seus sonhos e desejos. O psicólogo ajuda o paciente a falar sobre seus problemas e a lidar melhor com momentos de dificuldades e doenças.
São muitas as dificuldades que podem ocorrer ao longo da vida de um ser humano, o atendimento psicológico pode auxiliar em situações de medos, inseguranças, depressão, ansiedade, irritabilidade, explosões de raiva, incertezas, alterações de humor, dificuldades em tomar decisões, pensamentos repetitivos e angustiantes, pensamentos de morte, dificuldades nos relacionamentos e timidez. A tragédia na Raul Brasil deixou marcas profundas e requer toda a atenção das pessoas que ficaram com traumas.
A partir de agora, os novos profissionais terão como missão atender a demanda reprimida por atendimento psicológico e realizar ações de promoção de saúde mental nas escolas da cidade, com o intuito de prevenir o sofrimento psíquico, fortalecer os vínculos e prevenir bullying e cyberbullying. Para isso, eles serão direcionados para atuar em todos os 22 postos de saúde e nos quatro Centros de Atendimento Psicossocial (Caps) existentes no município. Além disso, seis psicólogos trabalharão diretamente na Escola Estadual Professor Raul Brasil e na Diretoria Regional de Ensino de Suzano. 
Ficou definido no encontro que a previsão para o início da jornada de trabalho será em 1º de julho (segunda-feira). O processo seletivo foi promovido pelo governo estadual. É um passo importante para quem ainda não esquece a tragédia.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias