domingo 14 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Editorial

Idoso

11 junho 2017 - 08h00

O idoso assim como qualquer outro cidadão possui direitos e deveres. O Estatuto do Idoso possibilita que as pessoas possam envelhecer com qualidade de vida e com saúde, tal como todos os cidadãos merecem. Neste contexto, surge então uma profissão que contribui muito no bem-estar da pessoa que chega à melhor idade, o trabalho do cuidador de idosos. Para exercer essa tarefa é necessário que o profissional tenha experiência, evitando que se repitam as cenas terríveis que são noticiadas nos jornais, sobre idosos que sofrem com a violência doméstica. Na semana passada, o governo estadual inaugurou o Centro Integralidade do Hospital do Servidor Público Estadual (HSPE). O espaço aberto tem 5,5 mil m² exclusivos para prevenção e promoção da saúde da terceira idade. Foram investidos R$ 189 milhões no Hospital do Servidor, que é considerada uma unidade “amiga do idoso”. Para celebrar a atenção às pessoas acima de 60 anos, foi lembrada a presença da população em meio aos servidores e aposentados do Estado de São Paulo. Existem 1,2 milhão de funcionários públicos na ativa e aposentados, dos quais 30% acima dos 60 anos. A expectativa é de que o hospital seja uma referência hoje para o atendimento ao idoso. A excelência no atendimento à melhor idade, população que representa 60% dos pacientes internados, fez o HSPE conquistar em 2015 o Selo Inicial “Hospital Amigo do Idoso”, do governo estadual de São Paulo. Além do investimento do Estado, o espaço, que possui o que há de mais moderno para reabilitação ortopédica, recebeu investimento de R$ 3 milhões da Universidade Cidade de São Paulo (Unicid) para a compra de mobília e equipamentos. Estúdio de pilates, piscina para hidroterapia e serviço de reabilitação virtual são destaques na infraestrutura do local. Os equipamentos inaugurados fazem com que o prédio seja um dos maiores centros dedicados ao envelhecimento ativo do Brasil. O local comporta ainda atividades dedicadas ao idoso em especialidades como Fisioterapia, Terapia Ocupacional Física e Neurológica, Medicina do Esporte e o Programa de Atenção ao Idoso (PAI). O Centro Integralidade faz parte do projeto de modernização do Hospital do Servidor. Desde 2013, o governo do Estado de São Paulo investiu 189 milhões de reais em reformas no hospital, que é mantido pelo Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (Iamspe). É um equipamento importante que vai atender a um público que necessita. Que, além deste, outros aparelhos possam garantir o atendimento adequado ao idoso.