Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Quinta 23 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 23/11/2017
mrv

Jogo rápido

23 JUN 2015 - 08h00

Ficou feio

A colunista Fabíola Reipert, do site R7, usou a sua língua um tanto ‘afiada’ para comentar o novo trabalho de Sophia Abrahão (foto acima) como cantora. A jornalista incluiu no título da nota que a jovem “empacou como atriz” e, por isso, havia decidido ir para a carreira musical. A ruiva não ficou nada contente com a forma como foi tratada pela colunista e rebateu de forma preconceituosa em seu Twitter. “A gorda continua falando, né?”, “Gente, não vamos ter raiva, vamos ter dó. Nitidamente é uma pessoa que não está satisfeita com o emprego e com a forma (de bola)”, postou Sophia, na noite do último sábado. Após o desabafo, a atriz recebeu diversas criticas de seus seguidores e decidiu apagar as publicações.

Poderosa

A Apple cedeu à pressão da estrela do pop Taylor Swift (foto ao lado) e anunciou que pagará aos artistas durante o período gratuito de teste de três meses de seu novo serviço de música por streaming. A mudança de posição de uma das empresas mais poderosas do mundo é uma demonstração da grande influência da jovem artista de 25 anos, que anunciou no último domingo um boicote parcial ao novo serviço Apple Music. Swift explicou em um texto divulgado no Tumblr que seu álbum "1989" não estaria disponível na Apple Music por considerar "chocante e decepcionante" que a empresa não a remunerasse por suas canções durante o período gratuito de teste de três meses reservado aos novos assinantes. "Eu considero isto chocante, decepcionante e completamente diferente da trajetória progressista e generosa da empresa", escreveu Swift num post na rede social Tumblr.

No Brasil

Depois do Tomorrowland, mais um mega-festival dedicado à música eletrônica chega ao País em dezembro. O americano Electric Daisy Carnival será realizado nos dias 4 e 5 no Autódromo de Interlagos em São Paulo. A informação foi confirmada pela Time For Fun. O EDC, como é conhecido, aconteceu pela primeira vez em 1997, em Los Angeles, nos Estados Unidos e, em 2015, terá edições agendadas em Las Vegas e na Inglaterra. Além dos palcos, o festival conta com outras opções de entretenimento, como roda gigante, chapéu mexicano e brinquedos de parque de diversões. Para a edição brasileira, estão cotados o sueco Avicii, que deve ser um dos headliners, e os holandeses Tiësto e Martin Garrix.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias