sábado 20 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 20/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Destaque

Alckmin inicia desassoreamento do Rio Tietê na divisa com Itaquá

01 junho 2017 - 08h01

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) acompanhou, ontem, o início das obras de desassoreamento do Rio Tietê, entre o córrego Três Pontes, na divisa de São Paulo com Itaquaquecetuba, e a Barragem da Penha. Com este novo trecho, o Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE) tem realizado obras em 120 quilômetros do Rio Tietê, reduzindo o risco de inundações em dez municípios, de Mogi das Cruzes a Santana de Parnaíba. "Essa é a hora de evitar enchentes, aproveitar a seca, limpar e dragar o rio, avançar as obras e nos prepararmos para o período do próximo verão", afirmou Alckmin. 120 quilômetros As máquinas estão removendo um total de 1,4 milhão metros cúbicos (m³) de sedimentos (areia, argila e materiais não inertes), representando um investimento de R$ 139,7 milhões. Cinco quilômetros do Rio Paraitinga (a partir da foz com o Rio Tietê), no município de Biritiba Mirim e cinco quilômetros do Rio Tietê (a montante do canal de adução da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp - para o reservatório do Biritiba); outros 44,2 quilômetros do córrego Ipiranga, em Mogi das Cruzes ao córrego Três Pontes, na divisa de São Paulo com Itaquaquecetuba, englobando os municípios de Mogi, Suzano, Poá e Itaquaquecetuba; Mais 24,5 quilômetros da Barragem da Penha ao Cebolão, no município de São Paulo; e 16,5 quilômetros do Cebolão à Barragem Edgard de Souza, englobando os municípios de Osasco, Carapicuíba, Barueri e Santana de Parnaíba. Parque Várzea Na ocasião, o governador entregou ainda mais um trecho de oito quilômetros de Via Parque e 14 quilômetros de ciclovia do Parque Várzeas do Tietê, em Guarulhos. O conjunto permite melhor acesso aos núcleos e áreas de lazer do Parque Várzeas do Tietê e do Parque Ecológico do Tietê. As pistas começam no final da Rua Vitória Calegari, e se estendem sempre paralelas à Rodovia Ayrton Senna, no sentido de quem chega à Capital. Na altura do quilômetro 13,5 da Ayrton Senna, as pistas cruzam a rodovia por baixo e entram pelo Jardim Metropolitano. A Via Parque termina na altura do posto de apoio da Ecopistas, empresa concessionária da rodovia; e a ciclovia se estende por mais seis quilômetros, até as proximidades da avenida Recife.