sexta 19 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 18/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Destaque

Balconista de 22 anos é encontrada morta dentro de residência em Suzano

23 maio 2017 - 08h01

A balconista Lorena Salomão Cruz, de 22 anos, foi encontrada morta em casa. A ocorrência foi averiguada na tarde do último domingo, na Rua Claudemar Otávio Oliveira, no Jardim Luella, em Suzano. O companheiro da mulher, com quem tem um filho de dois anos, é o principal suspeito. O rapaz está foragido. De acordo com o Boletim de Ocorrência (B.O), o menino de dois anos foi entregue ao avô paterno por volta das 14 horas do domingo. CASAL Um casal desconhecido teria levado o garoto a pedidos do pai da criança. Os avós então pegaram o  pequeno enrolado em uma toalha o levaram de volta para a casa no Jardim Luella, a fim de apanhar roupas adequadas. Chegando à residência, o corpo de Lorena foi encontrado no chão do quarto. A morte foi constatado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Minutos depois a Polícia Militar também foi acionada. De acordo com o avô, ele não aprovava os hábitos de vida da família, por isso não tinha um relacionamento próximo a eles. Informalmente, os policiais ouviram alguns vizinhos que disseram ter ouvido um disparo de arma, sem um horário preciso. No local foram apreendidos dois saquinhos de cocaína e um cartucho deflagrado, supostamente da bala que atingiu o tórax da moça. O companheiro de Lorena, e pai da criança, está foragido desde o acontecimento. Segundo o sogro da vítima, a jovem não possui familiares no Estado de São Paulo, todos estão na Bahia. Conforme o delegado titular de Suzano, Edson Gianuzzi, o caso será investigado pelo Setor de Homicídios de Mogi das Cruzes.

Deixe seu Comentário

Leia Também