terça 23 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 23/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Destaque

Mulher é esfaqueada e morta pelo ex-marido na frente do filho

08 junho 2017 - 08h01

A jovem Adriana das Virgens Santos, de 21 anos, foi esfaqueada, em Suzano. O ex-marido, o montador, Francisco José de Sousa, de 31 anos, é o suspeito. Ele teria matado Adriana na frente do filho, de 7 anos, durante uma discussão na Rua Marcílio Alves de Carvalho, no Jardim Cacique, em Suzano. A polícia encontrou o casal, dentro da residência, caído no chão e ensaguentado. O montador tinha ferimentos no tórax e ainda conseguia se mexer. A mulher já apresentava baixa frequência cardíaca. Uma vizinha do casal ouviu os gritos de socorro da vítima, por volta das 20h45. A mulher, que mora em outra casa, mas no mesmo terreno, e encontrou o montador em cima da jovem com a faca em uma das mãos. A vizinha tentou tirar a vítima debaixo do suspeito, mas não obteve sucesso. Ela pegou o filho do casal, levou para a sua casa e contatou a polícia. Quando voltou ao local, já encontrou o casal ensaguentado. A jovem foi levada para a Santa Casa de Misericórdia de Suzano, pelo marido da vizinha, mas não resistiu e morreu à caminho, por volta das 21h10. Policiais chegaram no casa e encontraram a faca poucos metros do suspeito, enrolada em pedaço de tecido. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) levou o suspeito, também para a Santa Casa. O montador não conseguiu prestar depoimentos para a polícia, pois estava sedado e inconsciente. No entanto, com base nos depoimentos da testemunhas, foi dada voz de prisão a ele. Segundo a vizinha, o casal estava separado há 2 meses, mas o montador não aceitava a separação. Durante a discussão, a mulher ouviu a voz do suspeito gritar: “agora é minha vez!”. O caso foi registrado como feminicídio qualificado, pelas razões destacadas pelas testemunhas.