Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Terça 21 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 19/11/2017
mrv

Região perde 2,3 mil postos de trabalho em março, aponta Caged

24 ABR 2015 - 08h01

 Juntas, Ferraz de Vasconcelos, Itaquaquecetuba e Suzano deixaram de gerar 2.305 novos postos de trabalho, de acordo com dados do Ministério do Trabalho e Emprego por meio do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Em Suzano, o número de empregos com carteira assinada para o mês de março caiu em 43,54%. De acordo com o relatório, o setor que mais contratou em Suzano foi o de serviços, com 851novas posições.

Nos últimos 12 meses, foram contratados no município 1.084 trabalhadores com carteira assinada, enquanto que no mesmo período de 2014, foram 1.920. O saldo fica negativo em 836. O número total de admissões comunicadas ao Ministério do Trabalho em março alcançou os 27.092. Demissões somaram 26.008 e o saldo geral fica positivo em 1.084.

Já na comparação com o mês passado, os dados também ficam abaixo em 281 postos de trabalho a menos. Foram 1.365 registros de saldo contra 1.084 deste mês. Mais uma vez o setor que mais admitiu foi o de serviços, que no 1º trimestre registra saldo de 698 novos postos de trabalho e 1.166 em 12 meses. Já a maior perda foi na indústria de transformação, com menos 203. Em um ano, a soma de profissionais que foram demitidos na área é de 121 pessoas.

Em Mogi, a indústria de transformação acumula perdas de 1.285. Já em relação ao mês de fevereiro o saldo geral de empregos, que inclui outros setores, está em 169.

Ferraz registrou queda de 457 vagas em março. Em fevereiro, o saldo já estava negativo em 537. Em marco do ano passado o saldo era positivo em 70 vagas. Em Itaquá foram 1.012 postos a menos em março deste ano. No ano passado o saldo também ficou negativo em 238 empregos.

O município com melhor desempenho em março é o de Poá com saldo positivo de 1.754 empregos. Em fevereiro o dado também foi bom, com 1,2 mil novas vagas. Se comparado março deste ano com o do ano passado a alta foi de 49,63%.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias