Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 05 de agosto de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 04/08/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO

Índio-Tibiriçá

31 JUL 2020 - 23h59
A Rodovia Índio-Tibiriçá (SP-31) é, sem dúvida, o principal acesso de Suzano até o ABC Paulista e o litoral de São Paulo.
É uma via com grande quantidade de tráfego de veículos e, por isso, requer melhorias constantes para que se evitem acidentes e perdas de vidas.
 
O trabalho que vem sendo realizado na via é de extrema importância para garantir uma circulação de veículos pouco mais segura.
 
Obras estão sendo realizadas na rodovia. No entanto, a possibilidade de uma terceira pista vai ficar mesmo para outro período.
 
O projeto original de obras que estão sendo realizados nos trechos da SP-31 deixam de contemplar essa nova pista.
Na edição de ontem, o DS trouxe reportagem mostrando que os serviços de recuperação estrutural e superficial da Índio Tibiriçá devem ser concluídas em setembro. A estimativa é do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), responsável pela administração.
 
Em reportagem publicada em novembro de 2019 pelo DS, a Secretaria de Logística e Transporte do Estado de São Paulo, havia confirmado que parte da via passaria por uma espécie de “duplicação”, para melhorar a segurança dos motoristas e usuários, evitando conversões proibidas na via.
 
Segundo a Secretaria, a terceira pista seria do quilômetro 58,5 até o quilômetro 62,3, no total de 4 quilômetros. 
 
De acordo com o Departamento, a pandemia do novo coronavírus não prejudicou as obras na rodovia que estão avançando em ritmo acelerado. 
 
Ainda segundo o DER, toda a parte de estruturação da via já foi concluída, incluindo a implantação de dispositivos de acessos de retorno na altura do quilômetro 58,5 e no km 60. Além disso, a aplicação de micro revestimento já foi realiza em quase toda a extensão da Índio Tibiriçá.
 
A SP-31 é, sem dúvida, uma via de escoamento até mesmo de produtos agrícolas, uma vez que Suzano é município do “Cinturão Verde” do Alto Tietê com produtos agrícolas diversificados.
 
As obras foram iniciadas em junho de 2019. Na época, a previsão era de que as intervenções fossem concluídas em 12 meses.
 
A via também é uma opção para os moradores da região que precisam ir até a Baixada Santista, pela Rodovia Caminho do Mar (SP-148), também conhecida como Estrada Velha de Santos. 
 
Além disso, a Índio Tibiriçá também dá acesso à Zona Sul da cidade de São Paulo. 
 
As obras realizadas na via beneficiarão diretamente os municípios de Suzano, no Alto Tietê, além de Ribeirão Pires, São Bernardo do Campo e Santo André, que fazem parte do ABC Paulista.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias