Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 15 de outubro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/10/2019
Secom Segurança
Villa Europa

Número de eleitores

30 SET 2019 - 23h59
As eleições acontecem, em outubro, de 2020. Os eleitores devem se preparar. 
Na semana passada, o DS trouxe reportagem mostrando que o número de eleitores em Suzano cresceu em 35.604 mil, em dez anos.
A quantidade de eleitores muda as características das eleições. Com mais de 200 mil, passa a ter segundo turno. É o que acontece, em Suzano, por exemplo.
O número de eleitores também define quais regiões da cidade têm mais potenciais para definir a disputa, etc.
Os dados, divulgados do número de eleitores, são do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e contam de janeiro de 2009 a agosto de 2019. 
No começo de 2009, Suzano contava pelo menos 177.863 mil eleitores oficiais. Até agosto desse ano, a cidade passou para 213.467 mil eleitores. Isso significa um aumento de aproximadamente 3,5 mil por ano. Os dados somam eleitores com ou sem a biometria cadastrada.
Especialistas afirmam que o aumento no número de eleitores não corresponde à um crescimento de interesse da população com a política.
Se considerar somente os jovens, 56% deles não tem interesse em política, então, aumentar o número de eleitores não significa que a população está acompanhando a política.
A internet tem levado a população a acompanhar a política. 
A internet tem mudado aspectos da disputa. A população ainda demonstra descrença com a política, mas é importante a participação dele na sociedade. 
Todos os cidadãos brasileiros com idade acima de 16 anos podem votar, independente de gênero, cor, renda ou nível de instrução. É por isso que o voto é considerado um direito universal no Brasil.
O voto, porém, só é obrigatório para aqueles que possuem entre 18 e 70 anos; os votos daqueles com idade entre 16 e 17 anos ou acima de 70 são facultativos.
O voto também é facultativo para analfabetos.
O voto, ou sufrágio, como é também conhecido, é um dos principais instrumentos utilizados para eleições de representantes políticos ou para tomar decisões políticas, em espaços em que há consulta popular para isso, como nos casos de referendos ou plebiscitos.
No Brasil, são eleitos através do voto diversos representantes políticos da população, como vereadores, prefeitos, deputados estaduais e federais, além de governadores e presidentes da República.
Por meio do voto, é possível ao eleitor e ao cidadão escolher dentre um leque de opções previamente estabelecido uma pessoa que o representará em algumas das instituições políticas por um período determinado. Essa escolha, na forma ideal, deve ser feita com consciência política e após uma análise das propostas do candidato e de sua viabilidade de aplicação, além do histórico pessoal e político do candidato.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias