segunda 20 de maio de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 19/05/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Copa do Mundo do Catar 2022

Equador vence o Catar por 2 a 0 na estreia da Copa do Mundo

Gols foram marcados por Valencia; no 2º tempo equatorianos diminuíram o ritmo e abriram espaços para o anfitriões

20 novembro 2022 - 15h02Por Fernando Barreto - enviado especial ao Catar

A seleção do Equador venceu o Catar, neste domingo, por 2 a 0, os dois de Valencia, na partida de estreia da Copa do Mundo. A partida começou às 13 horas, no horário de Brasília.

Os gols foram marcados no primeiro tempo. O placar poderia ser mais elástico, se o primeiro feito também por Valencia, aos 5 minutos de jogo, não fosse anulado por impedimento.

O lado negativo é que o artilheiro equatoriano saiu machucado e vira dúvida para próxima partida contra a Holanda, na sexta.

Apesar da anulação, o Equador se manteve no ataque, sem chances de gol para o Catar. E foi aos 16 minutos que os equatorianos abriram o placar, em pênalti bem batido por Valencia, deslocando o goleiro.

Os quatorianos se mantiveram no ataque e conseguiram ampliar o placar aos 31 minutos, com gol de cabeça. Após rebote, Preciado cruzou, a zagua catari deixou sozinho o atacante Valencia, que fez o segundo.

Esta é a terceira Copa do Mundo seguida onde no jogo de estreia temos um jogador fazendo dois gols. Em 2014, Neymar fez dois na estreia do Brasil contra a Croácia. 

Na Rússia, em 2018, Cheryshev também marcou dois, na estreia contra a Arábia Saudita.

E neste ano, Valencia fez os dois.

Segundo tempo

O segundo tempo voltou morno, com o Equador sem grande pressão, assim como fez no primeiro tempo. Com isso, deixou espaços para o Catar, que no fim do primeiro tempo quase fez com Almoez Ali, após jogada pela ponta direita, o atacante não cabeceou direito e perdeu ótima chance.

No segundo tempo o Catar trocou mais passes, reduziu a diferença de posse de bola, e teve chances boas, como o lance, aos 40 minutos, de Muntari, que recebeu lançamento, e chutou de primeira. O goleiro só olhou, mas a bola subiu. Seria um golaço.

A partida se seguiu assim, com algumas boas oportunidades para os dois lados, mas sem gols.