Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 22 de outubro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/10/2019
São Paulo Secretaria da educação
PMMC SEGURANÇA
PMMC OUTUBRO ROSA
PMMC REFIS 2019
Villa Europa
Arena Suzano

Ingressos para amistosos da seleção feminina de vôlei podem ser trocados nesta 5ª

Ao todo, 750 tíquetes estarão disponíveis para aquisição a partir da troca de cinco quilos de alimentos não-perecíveis cada um no Paço Municipal

Por de Suzano13 AGO 2019 - 17h55

Os ingressos sociais para acompanhar os dois amistosos da seleção brasileira feminina de vôlei em Suzano vão estar disponíveis para troca a partir das 9 horas desta quinta-feira (15), no Paço Municipal Firmino José da Costa (rua Baruel, 501 – Centro). Na oportunidade, 750 tíquetes poderão ser adquiridos, sendo dois por pessoa. Cada ingresso vale cinco quilos de alimentos não-perecíveis, exceto açúcar, sal e leite. O anúncio foi feito pelo prefeito Rodrigo Ashiuchi na tarde desta terça-feira (13), durante coletiva de Imprensa, realizada na Arena Suzano. 

Para a primeira partida, que ocorrerá às 10h10 de 18 de agosto (domingo), a Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) disponibilizou 250 ingressos sociais. Já para o segundo jogo, que será realizado a partir das 21h30 do próximo dia 20 (terça-feira), haverá mais 500 tickets. Os confrontos serão transmitidos ao vivo pela TV Globo e pela Sportv, respectivamente.

“Cada pessoa terá direito a pegar até dois ingressos: ambos para o primeiro ou para o segundo jogo, ou então um para cada dia. A troca será feita na prefeitura pelo Fundo Social de Solidariedade. Todos os alimentos serão triados e, posteriormente, encaminhados às famílias que mais precisam”, explicou o chefe do Executivo suzanense.

Treinos

Além das partidas, o público ainda poderá acompanhar os treinos de ambas as seleções, que serão abertos e também ocorrerão na Arena Suzano. As brasileiras estarão em quadra na sexta-feira (16/08), das 17 às 19 horas; no sábado (17/08), das 9 às 11 horas e das 17 às 19 horas; na segunda-feira (19/08), das 9 às 11 horas e das 17 às 19 horas; e na terça-feira (20/08), das 9 às 11 horas. Já as argentinas irão treinar no sábado, das 11 às 13 horas e das 19 às 21 horas; na segunda-feira, das 11 às 13 horas e das 19 às 21 horas, e na terça-feira, das 11 às 13 horas.

As atletas, tanto do Brasil, quanto da Argentina, estão hospedadas em Mogi das Cruzes. “Já estamos estudando a possibilidade de estender a permanência das jogadoras brasileiras e os treinos até sábado, quando elas irão embarcar para o Peru, onde disputarão o Campeonato Sul-Americano”, afirmou o CEO da CBV, Radamés Lattari.

Preparada

O dirigente, inclusive, não poupou elogios à cidade pela estrutura colocada à disposição e cogitou mais partidas envolvendo equipes nacionais e também de clubes. “Suzano é candidata a receber qualquer jogo da seleção. A cidade tem uma rica e vitoriosa história no vôlei. Faltava uma arena moderna como essa para sintetizar e ressaltar toda uma trajetória de conquistas. Quando cogitamos trazer três partidas da decisão da Superliga Masculina de Vôlei para Suzano, foi unânime a aceitação dos times. Para o calendário de 2020 da seleção masculina, vamos verificar a possibilidade de promover jogos aqui”, disse Radamés Lattari.

O prefeito Rodrigo Ashiuchi agradeceu a parceria com a CBV e comentou que a realização das partidas demonstra o empenho do atual governo de resgatar o título de Cidade das Flores atribuído a Suzano nos anos 1990, no auge da participação do time do município em campeonatos dentro e fora do País. “É com muita honra que recebemos a seleção brasileira feminina de vôlei. A realização das finais da Superliga foram um verdadeiro teste para Suzano voltar a ter grandes jogos. E agora poderemos proporcionar aos amantes do esporte e à população em geral uma oportunidade e tanto”, destacou Ashiuchi.

Também participaram da coletiva de Imprensa para apresentação dos detalhes dos amistosos a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade de Suzano, Larissa Ashiuchi, o secretário municipal de Esportes e Lazer, Arnaldo Marin Junior, e o diretor da Hansports Management, Rogério Teruo Hangai.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias