sábado 20 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 20/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Esportes

Poaenses vão representar o Brasil no Mundial Master

Campeonato Mundial Master de Basquete terá equipes masculinas e femininas de diversos países, de faixas etárias distintas

26 junho 2017 - 22h13Por De Poá
Representar o Brasil em competições internacionais não tem idade. Esse é o lema dos poaenses Juliana Kanda Lima de Santana, Hirlandson Ricardo Pedrosa (Pitchula) e Alex Santana, que foram convocados pela seleção brasileira para vestir a amarelinha no Campeonato Mundial Master de Basquete, que acontece de 30 de junho a 10 de julho, em Toscana, na Itália. O prefeito de Poá, Gian Lopes e os secretários de Esportes, Luiz Antonio Soares de Oliveira, o Tonho de Calmon, de Planejamento, Orçamento e Gestão, Elias El Ghossain e de Transportes e Mobilidade Urbana, Wilson Lopes, receberam os atletas antes da viagem para desejar boa sorte.
 
"Fico muito feliz em receber vocês aqui no gabinete para um abraço e para desejar boa sorte nesta disputa internacional", disse o prefeito Gian Lopes. O secretário de Esportes, Tonho de Calmon, comentou que a geração de Juliana, Pitchula e Alex Santana é uma das melhores do basquete poaense e eles já trouxeram grandes alegrias para o município e certamente continuarão deixando o nome da cidade em destaque na modalidade. "São especiais e podem contar com nosso apoio".
 
O Campeonato Mundial Master de Basquete terá equipes masculinas e femininas de diversos países, de faixas etárias distintas. Juliana disputará na seleção master 40 e o Brasil terá 23 adversários na busca pelo título. "Agradecemos o apoio da Secretaria de Esportes. Sabemos que não será uma disputa fácil e esperamos retornar a Poá com grandes resultados", falou Juliana. Alex Santana também é da seleção brasileira master 40 e são 33 equipes na sua categoria buscando o primeiro lugar. "Estamos muito felizes por mais esta oportunidade na carreira", acrescentou. Já Pitchula, da master 35, está juntamente com o Brasil em uma chave com 23 times.