terça 21 de maio de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/05/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Esportes

Prefeitos e deputados lamentam morte do Rei do Futebol, Pelé

"Há personalidades da história que imaginamos serem eternas", falou Ashiuchi pelas redes sociais

29 dezembro 2022 - 16h34Por Fernando Barreto - da Redação

ATUALIZADO ÀS 18H30

Os prefeitos e políticos do Alto Tietê lamentam a morte do Pelé, aos 82 anos, nesta quinta-feira. 

O prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi, comentou pelas redes sociais a morte do atleta. O prefeito fala em "notícia impactante para todos aqueles que gostam de esporte em todo o planeta".

Ashiuchi cita que Pelé ganhou inúmeros títulos pelo Santos e pela seleção brasileira, além de ter "parado uma guerra".

"Há personalidades da história que imaginamos serem eternas, pelos seus feitos que perpassaram a vida de milhões, senão bilhões de pessoas ao longo dos anos", disse.

"Por tudo isso, por ter inspirado garotos e garotas com a bola nos pés. Hoje sentimos sua perda, após o fim de uma luta que há tempos deixou sua saúde debilitada. Rendemos aqui nossas homenagens ao que ele representou e continuará representando. Descanse em paz", concluiu o prefeito suzanense.

A prefeita de Ferraz, Priscila Gambale, falou em "a maior lenda do futebol brasileiro em nosso país".

"Meus sentimentos a todos familiares, amigos e ao nosso Brasil que sempre teve Pelé como referência em nosso futebol", disse.

O prefeito de Itaquá, delegado Eduardo Boigues, falou que Pelé tornou o Brasil "referência no futebol". "Um orgulho que iremos carregar para sempre!", afirmou.

Já a prefeita poaense Marcia Bin falou em "legado gigante que jamais será esquecido". "Hoje o mundo inteiro está de luto!".

Deputados

O irmão de Priscila e deputado federal eleito falou em "eterno rei do futebol" ao lamentar a morte de Pelé. "Uma grande perda. Descansa em paz "Rei Pelé". Meus sentimentos aos familiares e amigos", disse.

O deputado reeleito André do Prado falou em "mais do que um esportista, ele foi ídolo de uma nação. Ajudou a levar o nome do Brasil a vários países do mundo." E conclui chamando de o "maior jogador de todos os tempos."