Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quinta 22 de agosto de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/08/2019
PMMC - TRATA BRASIL
Campeonato Brasileiro

São Paulo goleia a Chapecoense por 4 a 0 e volta a zona de classificação da Libertadores

Gols foram dos atacantes Antony, Toró, do estreante Raniel e de Vitor Bueno

Por Lucas Lima - de São Paulo22 JUL 2019 - 22h02
São Paulo goleia por 4 a 0 a Chapecoense, no MorumbiFoto: Lucas Lima/DS

O São Paulo goleou por 4 a 0 a Chapecoense, na noite desta segunda-feira (22), pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Morumbi. Os gols saíram na etapa final, com os atacantes Antony, Toró, do estreante Raniel e de Vitor Bueno. A vitória diante dos catarinenses fez o time ganhar sete posições e subir para a quinta colocação, o que recoloca o clube na zona de classificação para a Copa Libertadores da América. Além disso, o tricolor paulista encerrou um jejum de seis jogos sem vencer na competição.

1º tempo

Mesmo jogando longe de casa, a Chapecoense iniciou a partida com mais posse bola. Mas, foi o São Paulo que deu o primeiro susto nos catarinenses. Após linda jogada pelo lado direito ofensivo, o meia Tchê Tchê, aos 11 minutos, recebeu dentro da área, chutou de esquerda, mas a bola parou na zaga adversária. 

A Chapecoense respondeu rápido com um chute de dentro da área do meia Camilo, que recebeu cruzamento e chutou para defesa do goleiro são-paulino Tiago Volpi.

Há seis jogos sem vencer no Brasileirão, o São Paulo acordou de vez no jogo e partiu para cima da Chapecoense. Em 11 minutos, o time paulista teve quatro chances reais de gol. A primeira foi aos 20 minutos, com o atacante Pato, que arriscou de fora da área e viu a bola raspar na trave dos catarinenses. Em seguida o estreante no time titular do São Paulo e ex-Cruzeiro, Raniel, recebeu cruzamento dentro da área e cabeceou para fora. Na sequência o atacante Antony ficou cara a cara com o goleiro Tiepo, da Chapecoense, mas também desperdiçou. Em lance semelhante ao primeiro que teve no jogo, o centroavante Pato levou perigo mais uma vez ao gol adversário.  

2º tempo

Para o segundo tempo, o São Paulo fez duas substituições. Entrou o jovem atacante Toró no lugar de Pato e o meia Éverton Cardoso no lugar de Luan. E as alterações surgiram efeito. Aos 3 minutos, Antony cabeceou dentro da pequena área sozinho e abriu o placar para o tricolor. O segundo gol saiu logo em seguida com Toró, aos 7 minutos, que chutou de fora da área e estufou as redes do time catarinense. O tricolor continuou pressionando a saída de bola da Chapecoense. Três minutos depois Raniel roubou a bola da zaga adversária e bateu no contrapé do goleiro Tiepo para ampliar o placar e marcar o terceiro gol do São Paulo no jogo.

Após o apagão, a Chapecoense voltou a equilibrar a partida. E aos 18 minutos, o artilheiro Everaldo, com seis gols no Brasileirão, chutou de fora da área e Tiago Volpi fez linda defesa. Dois minutos depois, em lance de bola parada, o zagueiro Gum cabeceou e marcou para o time catarinense. No entanto, o gol foi anulado por impedimento. O árbitro de vídeo (VAR) checou e confirmou a marcação da arbitragem. 

O São Paulo fechou o placar, aos 45 minutos, com o atacante Vitor Bueno. O jogador recebeu dentro da área e cabeceou para o fundo das redes.

Sequência

O próximo jogo do São Paulo é contra o Fluminense, no sábado (27), às 19 horas, no Rio de Janeiro. Já a Chapecoense enfrenta o Bahia, no domingo (28), às 11 horas, em Chapecó.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias