terça 21 de maio de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/05/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
SEQUESTRO EM SUZANO

Assaltantes sequestram família de libaneses e fazem criança de escudo humano em Suzano

Família foi sequestrada quando saíam da mesquita; três suspeitos foram presos e uma pistola apreendida

16 maio 2024 - 15h10Por Guynever Maropo de Suzano

Um grupo de assaltantes sequestrou, na noite desta quarta-feira (15), uma família de libaneses e fez uma criança, de 8 anos, de escudo humano durante fuga, em Suzano

A família composta por quatro adultos e uma criança, foi sequestrada enquanto saíam de uma mesquita na cidade. Câmeras de segurança flagraram o momento do sequestro.

Os criminosos invadiram o local durante uma oração e amarraram a mão de todos com enforca gatos. Ainda o grupo arrombou um cofre, que continha as arrecadações. Enquanto isso, outros integrantes da quadrilha esperavam dentro de dois carros no lado de fora da mesquita.

No vídeo, mostra o momento em que a família sai com as mãos amarradas sendo ameaçada pelo assaltante armado. As vítimas são separadas em dois carros.

Vizinhos notaram o movimento suspeito e ligaram para a polícia avisando sobre o sequestro.

Vítimas

Pelas filmagens a polícia conseguiu as placas dos veículos e encontrou um deles passando pela avenida Lourenço de Souza Franco, em Mogi das Cruzes, sentido Suzano.

Neste carro estavam os três sequestradores, uma das vítimas junto com a criança.

A polícia seguiu o veículo e deu sinal de parada, que não foi obedecido. Durante a fuga, avistaram uma criança de dentro do carro sendo colocada para fora do veículo. Os sequestradores entraram em rua sem saída, em Itaquaquecetuba, e foram cercados pela polícia.

 Durante o acompanhamento, avistaram uma criança de dentro do carro sendo colocada para fora do veículo. Em uma rua sem saída de Itaquá o veículo parou e conseguiram deter os envolvidos

No outro carro, estavam as outras três vítimas que foram largadas próximo a uma fábrica de papelão, em Mogi das Cruzes. As vítimas estavam vendadas e amarradas. Elas tiveram seus pertences roubados.  Após serem libertadas, pediram auxílio de moradores para chamar a polícia.

Os três sequestradores foram levados para a delegacia de Itaquaquecetuba. Foram apreendidos arma, munições, documentos falsos, e o carro que tinha placa adulterada.

As vítimas foram libertadas e levadas para delegacia para prestar depoimento do caso.

A investigação segue para identificar o restante da quadrilha.