Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Segunda 11 de Dezembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 10/12/2017
mrv
Em Poá

Família reconhece par de tênis e corpo encontrado em Poá pode ser de aposentado

Ossos foram encontrados perto de uma fogueira apagada. Próximo ao corpo foi encontrado um par de tênis, reconhecido pela família da vítima

Por Lucas Alsil - De Suzano19 SET 2017 - 16h42
Tênis encontrado em um terreno foi reconhecido pela família do aposentadoFoto: Sabrina Silva/Divulgação

A Polícia Civil de Suzano encontrou na  tarde desta terça-feira (19), por volta do meio-dia, um corpo carbonizado,  em um matagal, na Rua Guarapari, na Vila Varella, em Poá. Ele pode ser do bancário aposentado Renato Teixeira Brígido, de 58 anos, desaparecido desde o dia 30 de  agosto.  Próximo ao corpo, em um terreno, foi encontrado um par de tênis, que, segundo a polícia, foi reconhecido pela família da vítima.

Após investigações e imagens capturadas pelas câmeras de monitoramento de uma indústria, que fica próxima ao matagal, a polícia passou a suspeitar do envolvimento de um jovem, de 18 anos, e uma mulher, de 33 anos. Eles foram levados à delegacia, na tarde de terça-feira?, e a prisão temporária será pedida.  “São indícios que estão sendo convergidos para a mesma idéia. Perto dessa empresa, ele entrou no carro com as duas mulheres e foram em direção ao matagal”, disse o delegado Edson Gianuzzi,  que também esteve no local.  Ele acredita que no local, havia mais pessoas e que dentro do veículo possa ter ocorrido uma luta, mas ainda não há dado comprovado.  

O delegado acredita que há 99% de chance dos ossos serem do aposentado. Porém ainda é necessária a perícia para a comprovação.

A polícia agora começa a interrogar os suspeitos à procura de outros envolvidos no crime. No final de semana, outro  jovem, de 18 anos,  que foi preso no litoral de São Paulo, também era suspeito de envolvimento com crime. O rapaz  foi visto em imagens de monitoramento em um condomínio no Jardim Monte Cristo, em Suzano, com o veículo do aposentado. “Ele foi preso por outra qualificação, furto à residência”, contou Gianuzzi. 

O caso

O aposentado desapareceu em 30 de agosto enquando ia para a casa do filho, na Vila Urupês, mesmo bairro que ele mora. Renato saiu de casa por volta das 23 horas com um Chevrolet Ônix, de cor vermelha. Câmeras de monitoramento de imóveis próximos a casa do filho não mostrava imagens dele. Posteriormente, o carro da vítima foi encontrado em um conjunto da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), no Jardim Monte Cristo. Porém, o aposentado não chegou a entrar no local.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias