segunda 15 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Polícia

Lustrador é morto a tiros; primo fica ferido

07 maio 2017 - 08h00

O lustrador Manoel Messias Dias da Silva, de 46 anos, morreu baleado por um mecânico no bairro Vila Correia, em Ferraz de Vasconcelos. O primo da vítima e também lustrador estava no local do fato e levou um tiro de raspão no lado esquerdo do corpo, mas passa bem. O autor dos disparos fugiu. Por volta das 18h30, policiais militares receberam chamado informando que um homem estaria no hospital com ferimentos graves feito por arma de fogo. Ao chegarem no local, o primo estava em estado de choque e era atendido pelos médicos. Já Manoel não resistiu aos ferimentos e morreu. Os lustradores voltavam de um serviço que realizaram em Campos do Jordão, quando Manoel resolveu parar em uma oficina para buscar o alternador do carro que estava no local. Na ocasião, o autor do disparo e funcionário do estabelecimento conversava com dois rapazes na calçada. A vítima perguntou onde estava o objeto do automóvel. O mecânico respondeu que o alternador encontrava-se em um lugar de difícil acesso e que assim lhe daria no dia seguinte. Porém, Manoel continuou exigindo o objeto na hora. Em seguida, a vítima desceu do carro e começou a discutir com o mecânico. O primo, que estava no banco passageiro também saiu do veículo e ficou entre os dois para separar a briga. Nesse momento, Manoel perguntou sobre o dono da oficina e o funcionário afirmou que ele se encontrava no escritório do estabelecimento. Assim, a vítima e o proprietário de oficina conversaram por um tempo. A vítima disse para o autor que estava triste com ele porque teria destratado o filho e esposa dele. O criminoso negou a agressão verbal alegando que não conhecia a família de Manoel. Quando o lustrador voltava para o carro disse ao autor para não ficar bravo com ele. Porém, o mecânico disse em voz ameaçadora "você não me conhece". Foi nessa hora, que ele sacou a arma e efetuou vários disparos em direção a vítima, que já estava dentro do carro. Ferido, caiu no colo do primo, que estava no banco do passageiro e saiu para chamar ajuda. O criminoso ainda conseguiu dar um tiro no primo da vítima, que conseguiu ficar em pé e correr para avisar a família.

Deixe seu Comentário

Leia Também