segunda 15 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Abuso

Pai é suspeito de estuprar a filha com paralisia parcial em Ferraz

Vítima têm paralisia no lado esquerdo do corpo. Ela fez denúncia à polícia

18 julho 2017 - 19h00Por Marcus Pontes e Marília Campos - De Ferraz

Uma menina, de 13 anos, denunciou o pai após sofrer mais um estupro, em Ferraz de Vasconcelos. Os abusos começaram no início deste ano, quando a mãe do suspeito faleceu, em razão de uma doença. Em depoimento à Polícia Civil, a garota disse que o pai afirmou ter cometido os crimes como 'castigo a Deus'. 

Os abusos foram comunicados na segunda-feira (17). A garota falou para mãe sobre os recorrentes estupros que vinha sofrendo do pai. Depois do relato, a mãe da vítima começou a dormir no quarto das filhas. A atitude provocou a ira do suspeito, que questionou a esposa o motivo de querer ficar com as garotas, de 10 e 13 anos. A reação reforçou a suspeita dos crimes.

O documento policial não descreve quando houve estas conversas ocorreram. Porém, afirma que mãe e filha foram à Delegacia Central. A garota contou detalhes sobre o início dos estupros, principalmente a justificativa apresentada pelo pai quando os praticava.

Enquanto conversava com investigadores, a vítima passou a receber inúmeras ligações do pai. Na ocasião, o suspeito a ameaçava, uma vez que suspeitava que estivesse sendo denunciado. A conversa foi ouvida pelos agentes.

Em dado momento, a polícia descreve que a vítima sofre de uma paralisia no lado esquerdo do corpo, o que não permitiria a defesa quando foi estuprada. Uma medida protetiva foi solicitada à Justiça. De acordo com a polícia, mãe e filhas não dormiram em casa, pois temem represálias. 

A Polícia Civil investigará o caso. Até o momento, o pai da vítima não foi preso.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também