segunda 24 de junho de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 23/06/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Polícia

PM baleado na cabeça durante serviço morre no hospital; bandidos são alvejados

Cabo da Rocam (Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas), foi socorrido com vida, mas não resistiu ao ferimento

24 junho 2019 - 18h45Por Marcus Pontes - da Região

Atualizado às 20 horas

O policial militar Marivaldo Camelo da Rocha Júnior foi assassinado  ao ser baleado na cabeça durante o serviço, ontem à tarde, no Jardim Margarida, em Ferraz de Vasconcelos. Ele e outro policial atendiam a um caso de roubo à residência, quando foram alvo de disparos realizados por bandidos. Ambos policiais pertencem ao grupamento da Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas (Rocam). 

O caso

O cabo Rocha e o parceiro de farda patrulhavam pelo bairro, quando flagraram bandidos fugindo de uma residência. Um dos criminosos atirou na cabeça de Rocha e disparou na direção do segundo policial, que não foi atingido.


O PM baleado foi socorrido ao Hospital Regional Dr. Osíris Florindo Coelho. Devido a gravidade, ele foi transferido, com apoio do helicóptero Águia, para o Hospital das Clínicas, onde não resistiu e morreu.

BUSCAS


Uma verdadeira caçada aos bandidos foi iniciada, principalmente nas divisas de Ferraz de Vasconcelos, como a Zona Leste de São Paulo, Poá e Itaquaquecetuba. Um indivíduo foi baleado por policiais do Batalhão de Ações Especiais de Polícia (BAEP), no Itaim Paulista. Até o fechamento desta reportagem, a polícia havia dito por telefone que poderia haver ligação ao caso do cabo Rocha.

Outro indivíduo foi baleado no bairro Cidade Kemel, em Itaquaquecetuba. O chamado apontava que este seria envolvido no assassinato do soldado  Vitor de Oliveira Farias, na região do Jardim Ângela, Zona Sul.

Deixe seu Comentário

Leia Também