quarta 21 de fevereiro de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/02/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Condenado preso

Polícia Militar de Suzano prende condenado por estupro de vulnerável

Homem cometeu o crime há seis anos e foi detido quando passava por uma rua na Vila Maria de Maggi

24 abril 2023 - 18h29Por De Suzano

Um homem de 47 anos que, segundo a Polícia, possui uma condenação por ter estuprado uma criança, à época, de 11 anos, foi capturado pela Polícia Militar na Avenida Major Pinheiro Froes, na Vila Maria de Maggi, em Suzano.

Segundo a Polícia Militar, o crime aconteceu em 2017 e a prisão foi realizada por volta das 7h20 do último sábado (22) por policiais da 4ª Companhia do 32º Batalhão de Polícia Militar. 

Minutos antes da detenção, as patrulhas receberam informações, via rede de rádio, sobre um carro que era conduzido pelo homem, que havia passado por um dos dispositivos inteligentes do Projeto Radar (que funciona com câmeras instaladas em diferentes pontos da cidade com objetivo de ler as placas dos automóveis e verificar se existe alguma irregularidade ou ocorrência associada ao veículo). O veículo era do indivíduo, segundo a Polícia. 

O abordado foi conduzido ao distrito policial, onde permaneceu preso depois que foi elaborado o Boletim de Ocorrência de captura de procurado.   
                           
O caso

De acordo com o Boletim de Ocorrência, registrado no dia 21 de agosto de 2018 no 7° Distrito Policial, em Guarulhos, a vítima – que tinha 13 anos na época do registro – disse que sofria os abusos desde os cinco anos, e que a última vez havia acontecido no ano anterior (2017), quando estava prestes a fazer 12 anos. 

A vítima detalhou como o indivíduo praticava o crime aos policiais e disse que nunca havia contado aos responsáveis sobre o crime. A Polícia registrou o Boletim de Ocorrência como estupro de vulnerável, o homem foi condenado, mas era procurado da Justiça.

Após a detenção, ele foi levado para a Cadeia Pública de Mogi para pagar pelo crime pelo qual foi condenado.