Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 20 de maio de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 18/05/2019
PMMC GRIPE
PMMC MAIO AMARELO
CENTERPLEX 16 A 22
PMMC CAMPANHA DE AGASALHO
GOVERNO DO ESTADO - ICESP

Onze bandidos morrem durante confronto com policiais da Rota em Guararema

Bandidos tentaram explodir duas agências bancárias na região central da cidade

Por Marcus Pontes - de Guararema04 ABR 2019 - 07h45
Armas de grosso calibre foram apreendidas durante açãoFoto: Divulgação
Atualizado às 13h33
 
Ao menos, 11 bandidos foram mortos durante confronto com policiais da Rota (Ronda Ostensiva Tobias de Aguiar) na madrugada desta quinta-feira (4), em Guararema. Um suspeito de participar da ação criminosa foi preso. Até o momento, a polícia contabilizou a apreensão de sete fuzis, quatro pistolas, duas escopetas calibre 12, coletes à prova de balas, dinamites, entre outros itens, como, por exemplo, munições de vários calibres. 
 
O confronto ocorreu logo após um grupo, aproximadamente, formado por 30 criminosos tentarem invadir as agências do Banco do Brasil e Santander, localizadas na região central da cidade. Houve troca de tiros e perseguição. Dos 11 mortos, nove foram em perímetro urbano e dois em zonas rurais do município. Em um dos tiroteios, bandidos mantiveram uma família refém. 
 
O tiroteio deixou várias marcas por comércios da pacata cidade. Moradores revelaram momentos de pânico, principalmente na madrugada, quando vários disparos foram ouvidos. 
 
Policiais da Rota explicaram que, a princípio, as buscas devem continuar na região. O objetivo é localizar possíveis criminosos escondidos na mata. A cidade é cercada por grandes áreas de vegetação, o que pode ou não ajudar na fuga. 
 
Investigação do GAECO
 
Há pouco mais de quatro meses, o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado, do Ministério Público (MP) de Sorocaba interceptou uma ligação, a qual criminosos revelaram plano de explodir agências em Guararema ou Jacareí.
 
As informações, então, foram passadas para o grupo de elite da PM. Ao menos, 120 policiais ficaram espalhados por municípios vizinhos a Guararema, já que a intenção era capturar o grupo sem que houvesse mortes. No entanto, os criminosos reagiram às tentativas de prendê-los.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias