domingo 25 de fevereiro de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 25/02/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Região

10º Festival de Culturas Pretas realiza a primeira Feira Afro nesta quarta

Espaço Ousadia, proponente contemplado pelo PROFAC, realizará o 10º Festival de Culturas Pretas com mais de 40 ações culturais gratuitas

15 novembro 2022 - 08h00Por de Mogi
A Secretaria Municipal de Cultura e Turismo dará início nesta quarta-feira (16) à primeira Feira Afro Mogiana, realizada pelo 10º Festival de Culturas Pretas de Mogi das Cruzes. A ação, possibilitada por meio do Programa Municipal de Fomento à Arte e Cultura (PROFAC), alude ao Dia da Consciência Negra, celebrado oficialmente em 20 de novembro e busca valorizar a cultura afro, promover diálogos sobre assuntos fundamentais, além de enaltecer e preservar as matrizes africanas presentes na cultura do município e da região.
 
O Espaço Ousadia, proponente contemplado pelo PROFAC, realizará o 10º Festival de Culturas Pretas com mais de 40 ações culturais gratuitas, em diversos espaços de Mogi das Cruzes e a abertura oficial do evento será no Marco Zero, na próxima quarta-feira, às 9h30. A programação segue até domingo (20) com atividades no Theatro Vasques, Terminal Central, Largo do Rosário, além de espaços descentralizados, como o Conjunto Jefferson, Jardim Planalto, Jardim Rodeio e Jardim Aeroporto III. 
 
A primeira Feira Afro Mogiana contará com atrações como a feira de artesanatos, apresentações musicais, exposições artísticas, palestras, contação de histórias, peças teatrais, desfile de moda, workshop, além da caminhada pela igualdade, em cinco dias de programação cultural. O evento surgiu com o objetivo de dar voz ao povo e à cultura preta da cidade de Mogi das Cruzes, com a finalidade de evidenciar e motivar a população afrodescendente através da cultura e empreendedorismo local.
 
Na próxima quarta-feira, o Theatro Vasques recebe o fórum temático "Como é ser Negro nos dias de Hoje?", das 13h às 21h, que contará com a presença de 11 palestrantes. Já o Terminal Central, será palco para a Feira de Artesanato, das 10h às 18h, os interessados poderão participar de uma Orientação Vocacional, pela Universidade Estácio de Sá - Santa Cruz, nos cinco dias de evento. Haverá também um Feirão de Currículo, em parceria com o Mogi Conecta, para quem busca por uma oportunidade no mercado de trabalho. A partir das 20h, acontece a abertura das exposições "Florescer" e "Corações do Subúrbio", de Amanda do Carmo e Junior Camini, respectivamente. O festival segue até domingo (20), confira a programação completa abaixo.
 
Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 4798-6900, pelo e-mail culturamogi@mogidascruzes.sp.gov.br, pelo site da Secretaria Municipal de Cultura ou presencialmente na sede da pasta, que fica na rua José Bonifácio, 516, no Centro, de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h30.